Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Özil justifica participação em briga: "David Villa insultou o islamismo"

Partida da última quarta entre Barcelona e Real Madrid, vencida pelo clube catalão por 3 a 2, foi marcada por confusão generalizada

iG São Paulo |

Expulso na derrota do Real Madrid para o Barcelona na final da Supercopa da Espanha, o meia Mesut Özil explicou o que o fez entrar na briga generalizada nos minutos finais da partida. Segundo o alemão, que possui origem turca, o atacante rival David Villa ofendeu sua religião.

“Fiquei assim porque estava defendendo a minha religião”, afirmou Özil à imprensa espanhola. “David Villa insultou o islamismo”. O espanhol também recebeu o cartão vermelho.

A confusão no jogo da última quarta-feira começou após entrada violenta de Marcelo, do Real Madrid, em Fábregas, do Barça. O árbitro expulsou o brasileiro imediatamente, mas não impediu o início do tumulto.

Após empate por 2 a 2 no duelo de ida, realizado em Madri, o Barcelona venceu o Real por 3 a 2 em casa e conquistou a Supercopa.

Leia tudo sobre: barcelonareal madridespanhafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG