Tamanho do texto

Espanhol, que já venceu dois títulos no ano, é torcedor do clube, que está nas oitavas da Liga dos Campeões

"Nunca havia começado tão bem uma temporada". Foi assim que David Ferrer definiu seu início de ano, que já conta com dois títulos para sua sala de troféus: o ATP de Auckland e de Acapulco. O espanhol também confessou que está ansioso para o jogo do Valencia, nesta quarta, pela Liga dos Campeões da Europa.

Antes de embarcar para os Estados Unidos, onde disputa o Masters 1000 de Indian Wells, Ferrer comentou sobre sua boa fase, apesar de ter desfalcado a Espanha recentemente na Copa Davis. O tenista sentiu no aquecimento e foi substituído por Fernando Verdasco, que deu conta do recado.

"Foi uma pena não ter dado minha contribuição, mas o importante é que estamos classificados para as quartas", disse à RadioMarca .

Sobre sua temporada, que ainda conta com uma semifinal de Aberto da Austrália após eliminar ninguém menos que Rafael Nadal (apesar do líder do ranking estar machucado), o atleta de 28 anos comentou que nunca esteve tão regular em sua carreira.

O número seis do mundo ainda comentou que está nervoso para o próximo jogo do seu time. Fanático pelo Valência, o espanhol espera que a equipe vença o Schalke 04 e avance para a próxima fase do principal torneio interclubes da Europa. No primeiro jogo, os alemães arrancaram um empate na casa do adversário.

"Será uma partida muito difícil, mas creio que, como equipe, o Valência é melhor. Estamos tendo um bom começo de ano e a expectativa de todos os torcedores é avançar", ressaltou.

Nesta quinta, Ferrer aguarda para saber quem será seu adversário em Indian Wells, visto que as chaves serão definidas da tarde de hoje.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.