Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ótima fase faz meia Jeferson ganhar status de intocável no Vasco

Reserva de Felipe e Carlos Alberto na volta ao clube, fim das lesões tem levado jogador a fazer boas partidas

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

O casamento de Jeferson com o Vasco parece finalmente viver uma lua de mel. Em São Januário desde 2009, a passagem do meia foi marcada por altos e baixos. Destaque do time neste começo de temporada, o jogador comemora a boa fase. Mas avisa: o trabalho está apenas começando.

“Nada disso é à toa. Tudo é fruto de um trabalho. Me doei bastante na pré-temporada e tenho treinado forte. Quero ir mais longe”, comenta Jeferson.

Autor de dois gols na Taça Guanabara, o meia sofreu com lesões em 2010. Sem conseguir se recuperar, perdeu espaço na equipe e acabou emprestado ao Avaí no segundo semestre. Em Santa Catarina, livrou-se das contusões e ganhou destaque mesmo com o time lutando contra o rebaixamento.

“Terminei e comecei o ano bem. Isso é importante, me dá confiança. Nunca duvidei do meu futebol, sabia que na hora em que estivesse sem lesão e ganhasse ritmo, as coisas iriam melhorar”, declarou o meia vascaíno.

Ao chegar ao Vasco este ano, Jeferson encontrou dois obstáculos: Carlos Alberto e Felipe. De imediato, o jogador seria reserva. Mas a péssima campanha nas primeiras rodadas da Taça Guanabara mudou o planejamento inicial do demitido Paulo César Gusmão. Jeferson foi ganhando espaço, Carlos Alberto foi dispensado e Felipe, longe da forma ideal, chegou a ser afastado. Hoje titular absoluto, o meia não para de festejar.

“Não sou um chinelinho. Por onde eu passei, sempre mostrei valor. Hoje aqui quero reverter a minha situação. Não parei de me dedicar desde que cheguei”.
 

Leia tudo sobre: vasco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG