Técnico aponta ineficiência de sua equipe como principal razão pelo empate sem gols com o Nova Iguaçu

O técnico Oswaldo de Oliveira não aprovou a atuação do Botafogo no empate sem gols com o Nova Iguaçu, neste domingo. Após a partida, o comandante criticou a ineficiência de sua equipe no setor de criação e avisou que não vai utilizar o gramado alto e pesado como justificativa.

Leia também: Pouco inspirado, Botafogo empata sem gols com o Nova Iguaçu

"Não fomos bem em critério algum", disparou Oswaldo. "Não adianta culpar o gramado. Nós estamos disputando o Campeonato Carioca e temos que saber que vamos enfrentar outras situações assim".

Confira a classificação da Taça Guanabara

O esquema com três armadores que deu certo na vitória por 3 a 1 sobre o Resende, na estreia, foi pouco efetivo. Tanto que o treinador optou por tirar Andrezinho, Maicosuel e Elkeson durante a segunda etapa. O último, aliás, foi vaiado pela torcida.

Veja ainda: Jobson polemiza com tatuagem no braço

"O Elkeson está bem, é um trabalhador. Apenas considerei que o jogo não estava em boas condições para ele, que é um jogador de velocidade e teve dificuldades com o campo pesado", defendeu Oswaldo, exigindo melhora para quarta-feira, quando o Glorioso duela com o Madureira.

"Hoje (domingo) tentamos usar muito a ligação direta para o Loco Abreu, que é uma solução antiga do Botafogo, mas que não deu certo. Criamos muito pouco", encerrou.

Entre para a torcida virtual do Botafogo e o ajude a subir no ranking nacional

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.