Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Oscar Godói é baleado em tentativa de assalto em São Paulo

Ex-árbitro teve pulmão perfurado e bala ficou alojada no pescoço. Ele foi submetido a cirurgia na madrugada desta quinta-feira

Pedro Taveira, iG São Paulo |

Reprodução/Milton Neves
Ex-árbitro Oscar Godói, que foi baleado durante tentativa de assalto nesta quarta-feira
O ex-árbitro Oscar Roberto Godói, de 55 anos, foi baleado na noite de quarta-feira em uma tentativa de assalto no bairro de Perdizes, Zona Oeste de São Paulo. Ele levou três tiros, um no tórax, um no pescoço e outro de raspão na barriga, após ser abordado por um homem quando estacionava seu carro na altura do nº 531 da rua Diana.

Investigadores do 23º Distrito Policial, onde o caso foi registrado, disseram que câmeras de um prédio vizinho gravaram as imagens da tentativa de assalto. O vídeo mostra que Godói se atracou com o criminoso e os dois caíram no chão, quando ocorreram os disparos.

Uma equipe de resgate encaminhou Godói para o HC (Hospital das Clínicas), onde ele foi sedado e submetido a cirurgia exploratória para avaliar a complexidade das lesões. Um dos pulmões do ex-árbitro foi perfurado por uma das balas e outra ficou alojada entre sua coluna cervical e veia jugular.

Médico, vereador e conselheiro do São Paulo, Marco Aurélio Cunha, afirmou que o quadro é grave, mas está controlado. O HC ainda não se pronunciou oficialmente. Um boletim médico é esperado para os próximos minutos.

De acordo com investigador do 23º DP, nenhum pertence do ex-árbitro foi roubado na tentativa de assalto. O suspeito continua foragido.

Godói, que também é jornalista formado, foi comentarista de arbitragem da "TV Bandeirantes" e trabalha atualmente na rádio "Transamérica". Na noite de quarta, ele saiu para jantar com o empresário de futebol Francisco Monteiro, o Todé, o ex-atacante Luizão, e Valdir Joaquim de Moraes, ex-preparador de goleiros.

Futura Press
Carro de Oscar Roberto Godoi praticamente intacto após tentativa de assalto. Nada foi levado

*Com AE

Leia tudo sobre: Oscar Roberto GodóiPolícia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG