Tamanho do texto

Ex-árbitro teve pulmão perfurado e bala ficou alojada no pescoço. Ele foi submetido a cirurgia na madrugada desta quinta-feira

Ex-árbitro Oscar Godói, que foi baleado durante tentativa de assalto nesta quarta-feira
Reprodução/Milton Neves
Ex-árbitro Oscar Godói, que foi baleado durante tentativa de assalto nesta quarta-feira
O ex-árbitro Oscar Roberto Godói, de 55 anos, foi baleado na noite de quarta-feira em uma tentativa de assalto no bairro de Perdizes, Zona Oeste de São Paulo. Ele levou três tiros, um no tórax, um no pescoço e outro de raspão na barriga, após ser abordado por um homem quando estacionava seu carro na altura do nº 531 da rua Diana.

Investigadores do 23º Distrito Policial, onde o caso foi registrado, disseram que câmeras de um prédio vizinho gravaram as imagens da tentativa de assalto. O vídeo mostra que Godói se atracou com o criminoso e os dois caíram no chão, quando ocorreram os disparos.

Uma equipe de resgate encaminhou Godói para o HC (Hospital das Clínicas), onde ele foi sedado e submetido a cirurgia exploratória para avaliar a complexidade das lesões. Um dos pulmões do ex-árbitro foi perfurado por uma das balas e outra ficou alojada entre sua coluna cervical e veia jugular.

Médico, vereador e conselheiro do São Paulo, Marco Aurélio Cunha, afirmou que o quadro é grave, mas está controlado. O HC ainda não se pronunciou oficialmente. Um boletim médico é esperado para os próximos minutos.

De acordo com investigador do 23º DP, nenhum pertence do ex-árbitro foi roubado na tentativa de assalto. O suspeito continua foragido.

Godói, que também é jornalista formado, foi comentarista de arbitragem da "TV Bandeirantes" e trabalha atualmente na rádio "Transamérica". Na noite de quarta, ele saiu para jantar com o empresário de futebol Francisco Monteiro, o Todé, o ex-atacante Luizão, e Valdir Joaquim de Moraes, ex-preparador de goleiros.

Carro de Oscar Roberto Godoi praticamente intacto após tentativa de assalto. Nada foi levado
Futura Press
Carro de Oscar Roberto Godoi praticamente intacto após tentativa de assalto. Nada foi levado

* Com AE