Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Operadora de cartões admite erro no cadastro do Palmeiras em seu sistema

Equívoco fez com que as máquinas da Redecard emitissem recibos com o nome do gerente financeiro palmeirense, Marcos Bagatella

iG São Paulo |

A operadora de cartões Redecard admitiu nesta sexta-feira um erro no cadastro do Palmeiras em seu sistema. O equívoco fez com que as máquinas da empresa emitissem recibos com o nome do gerente financeiro palmeirense, Marcos Bagatella, em produtos adquiridos nas dependências do clube. Em nota, a empresa informa que identificou “o erro no cadastro da Sociedade Esportiva Palmeiras e imediatamente providenciou a alteração em seus sistemas e nos equipamentos do cliente”.

LEIA TAMBÉM: Bagunça administrativa põe financeiro em saia justa no Palmeiras

O iG teve acesso nesta semana a dois exemplos de notas emitidas com tal engano. Por criar a indesejável suspeita de que o dinheiro usado pelo sócio palmeirense esteja sendo redirecionado para Bagatella, tal erro criou desconforto para a gestão do presidente Arnaldo Tirone. Funcionários e diretores do clube trataram de cobrar a Redecard por uma solução.

De acordo com a operadora de cartões, o equívoco aconteceu após pedido de alteração da pessoa de contato do Palmeiras, cujo nome foi inserido erroneamente no campo “nome do estabelecimento”. A empresa também explicou que outras informações do cadastro, como CNPJ e domicílio bancário, estão de acordo com os dados fornecidos pelo clube.

 

Leia tudo sobre: palmeirasredecardmarcos bagatella

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG