Tamanho do texto

Jovem atacante disse que está pronto para ajudar o time contra o River Plate-SE, pela Copa do Brasil

Como Loco Abreu, que se recupera de dores lombares, ainda não está garantido no Botafogo que enfrentará o River Plate-SE, na próxima quarta-feira, em jogo de volta pela Copa do Brasil, no Rio, o atacante Caio está esperançoso na possibilidade de entrar na equipe titular no confronto decisivo. A equipe carioca precisará reverter a vantagem de 1 a 0 conquistada pelo rival sergipano no duelo de ida. 

Abreu ficou fora da equipe escalada pelo técnico Joel Santana em coletivo no último sábado, quando Caio formou dupla de ataque com Herrera. Nesta segunda-feira, o jovem atacante disse que está pronto para ajudar o Botafogo a se classificar na quarta-feira. "Nos treinos, o professor vem me colocando como titular. Sei que ele confia em mim e me dá crédito. Estou à disposição e pronto para essa responsabilidade. Estou doido para jogar, preciso disso para buscar meu espaço", afirmou.

O jogador também se mostrou incomodado com o rótulo de talismã que ele carrega no Botafogo, pois ele costuma ser utilizado com frequência como opção de segundo tempo por Joel Santana. Caio quer provar que tem condições de ser titular e não quer apenas carregar a responsabilidade de entrar na etapa final dos confrontos para ser decisivo em um curto espaço de tempo.

"Virou uma regra, o Caio tem que entrar e fazer gols. Não é tão simples, pois é preciso pegar o ritmo do jogo. Estou trabalhando para aproveitar minhas chances, mas isso de talismã não pode ser uma regra", reclamou.