Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Oitavas da Liga começam com brasileiros apenas como coadjuvantes

Roma x Shakhtar Donetsk é o duelo desta fase onde os brasileiros aparecem com maior destaque

Mário André Monteiro, iG São Paulo |

Um dos maiores atacantes da história do futebol mundial anunciou oficialmente sua aposentaria dos gramados nesta segunda-feira. Ronaldo brilhou nos campos europeus, sendo protagonista nos clubes pelo qual passou, assim como foram Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, Roberto Carlos e o próprio Kaká, na época do Milan. Atualmente, porém, o meia é um mero coadjuvante na constelação do Real Madrid, que conta com Cristiano Ronaldo, Özil, Casillas e Adebayor.

Além do meio-campista, outros brasileiros começam a disputa nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa sem o destaque que os compatriotas tiveram no passado. Das 16 equipes classificadas para essa fase do torneio, o Shakhtar Donetsk é a que depende mais dos brasileiros. São oito no total, e Jadson é a grande estrela do time ucraniano, que duela com a Roma, de Fábio Simplício.

A Inter de Milão conta com a mesma base que venceu a última edição da Champions. Júlio César, Lúcio e Maicon são titulares absolutos, mas as grandes estrelas do elenco são Samuel Eto'o e Wesley Sneijder. Já o vice-campeão Bayern de Munique tem apenas o volante Luiz Gustavo entre os 11 iniciais.

Veja abaixo quais são os brasileiros envolvidos nos duelos das oitavas da Liga:
 

AFP
Robinho é titular no ataque do Milan
Milan x Tottenham
Ida: 15/02/2011, terça-feira, na Itália
Volta: 09/03/2011, quarta-feira, na Inglaterra

O duelo entre italianos e ingleses conta com cinco brasileiros – três no Milan e dois no Tottenham –, com algum destaque para os do time de Milão. O zagueiro Thiago Silva é o pilar da defesa, enquanto os atacantes Alexadre Pato e Robinho jogam muito em função do sueco Ibrahimovic, grande estrela da equipe.

No Tottenham, que tem Bale, van der Vaart e Crouch como principais astros, o goleiro Gomes é titular na meta. Já o volante Sandro, ex-Internacional e constantemente convocado para seleção brasileira de Mano Menezes, oscila entre o time titular e o banco de reservas da equipe inglesa.

 

EFE
Jonas chegou ao Valencia em janeiro
Valencia x Schalke
Ida: 15/02/2011, terça-feira, na Espanha
Volta: 09/03/2011, quarta-feira, na Alemanha

A equipe alemã conta apenas com um atleta brasileiro em seu elenco na Liga dos Campeões. O atacante Edu, porém, não é muito aproveitado por Felix Magath, sendo preterido pelos mais famosos Raúl e Huntelaar. O meio-campista Danilo Avelar, contratado em janeiro, não foi inscrito na competição.

O Valencia, por sua vez, tem como grande nome o meia espanhol Juan Mata. O time contratou Jonas, do Grêmio, mas o atacante, que ainda nem estreou pela equipe, deve ser apenas uma opção no banco de reservas. Soldado e Arduriz devem ser mantidos como titulares.

 

undefined
Daniel Alves e Messi no Barcelona
Arsenal x Barcelona
Ida: 16/02/2011, quarta-feira, na Inglaterra
Volta: 08/03/2011, terça-feira, na Espanha

Já se foi a época em que os brasileiros brilhavam no Barcelona. Os tempos de Ronaldinho Gaúcho, Rivaldo e Ronaldo ficaram para trás, e atualmente o lateral Daniel Alves é quem honra os compatriotas, ofuscado por Messi, Iniesta, Xavi e David Villa. Maxwell e Adriano são reservas na equipe catalã.

No Arsenal, que já teve Gilberto Silva como capitão, o volante Denílson é o único brasileiro no meio de tantas estrelas, como Arshavin, van Persie, Fábregas e Nasri. Até por isso ele não é titular absoluto dos ingleses.

 

Getty Images
Jadson e Luiz Adriano, do Shakhtar
Roma x Shakhtar Donetsk
Ida: 16/02/2011, quarta-feira, na Itália
Volta: 08/03/2011, terça-feira, na Ucrânia

Neste confronto, os brasileiros aparecem com mais de destaque. O Shakhtar é, talvez, o time que mais dependa dos atletas nas oitavas. O meia Jadson é o principal nome da equipe, com Fernandinho, Luiz Adriano e Eduardo da Silva sendo peças fundamentais na campanha. Willian, Douglas Costa e Alex Teixeira também são utilizados com regularidade.

Na Roma, Fábio Simplício comanda o meio-campo, mas não tem o perfil de estrela do time, como Totti e De Rossi, por exemplo, têm. Juan é titular, assim como Julio Sérgio, mas o zagueiro titular da seleção na última Copa do Mundo não faz uma boa temporada. Taddei, Doni e o lesionado Adriano complementam o elenco.

 

Getty Images
Ramires em ação com a camisa do Chelsea
Copenhague x Chelsea
Ida: 22/02/2011, terça-feira, na Dinamarca
Volta: 16/03/2011, quarta-feira, na Inglaterra

O Chelsea contratou o zagueiro David Luiz, mas como o jogador já atuou pelo Benfica na Champions, não pode ser inscrito pelo time inglês. Ramires é constantemente escalado nos 11 iniciais, assim como Alex, mas o defensor não consegue se livrar das lesões e quase sempre é ausência. Estrelas mesmo são Drogba, Anelka, Fernando Torres e Lampard.

O time dinamarquês conta com dois desconhecidos brasileiros em seu elenco. O meia Claudemir é titular absoluto, tendo feito, inclusive, o gol do empate por 1 a 1 com o Barcelona na primeira fase da Liga. Já o atacante César Santin jogou quatro das seis partidas do Copenhague no torneio, cinco delas como titular.

 

undefined
Kaká é uma das muitas estrelas do Real
Lyon x Real Madrid
Ida: 22/02/2011, terça-feira, na França
Volta: 16/03/2011, quarta-feira, na Espanha

Kaká é apenas uma das tantas estrelas da constelação do Real Madrid. Voltando de contusão, o meia brasileiro “disputa” com Cristiano Ronaldo, Özil, Di Maria e Adebayor, com grande vantagem para o português, que faz uma ótima temporada. Marcelo não tem status de astro, mas é fundamental na ala esquerda da equipe.

O Lyon conta com Michel Bastos, peça importante no esquema de Claude Puel, mas Gourcuff é o principal jogador do time. O brasileiro é um ótimo suporte ao meio-campista francês e se destaca pela eficiência nas bolas paradas. O zagueiro Cris é titular na zaga, enquanto Éderson, voltando de lesão, é uma boa opção ofensiva, ao lado dos argentinos Lisandro López e Delgado.

 

AP
Brandão, atacante do Olympique de Marselha
Olympique de Marselha x Manchester United
Ida: 23/02/2011, quarta-feira, na França
Volta: 15/03/2011, terça-feira, na Inglaterra

O volante Anderson e o lateral-direito Rafael são bons coadjuvantes no Manchester United, que aposta principalmente em Rooney e Nani para ser campeão, além da sólida defesa formada por Vidic e Ferdinand. O lateral-esquerdo Fábio, irmão de Rafael, joga pouco no time de Alex Ferguson.

Ao lado de Rémy e Gignac, o brasileiro Brandão comanda o ataque do time francês. Entretanto, Lucho González e Valbuena são os principais jogadores da equipe. O Marselha ainda tem em seu elenco o desconhecido goleiro Eliton Andrade e o zagueiro Hilton, que só jogou uma vez na Liga.

 

AP
Lúcio, Júlio César e Maicon, atuais campeões
Inter de Milão x Bayern de Munique
Ida: 23/02/2011, quarta-feira, na Itália
Volta: 15/03/2011, terça-feira, na Alemanha

A Inter de Milão possui muitos brasileiros importantes para equipe, mas ofuscados pelos protagonistas Wesley Sneijder e Samuel Eto’o. Júlio César é titular absoluto, assim como o zagueiro Lúcio e o lateral Maicon. Thiago Motta, agora italiano, também é peça fundamental no time de Leonardo. Já o jovem Philippe Coutinho é uma boa arma para o segundo tempo.

Robben, Ribéry, Schweinsteiger e Müller lideram o Bayern de Munique, que contratou o volante Luiz Gustavo na janela de transferências de janeiro. O brasileiro entrou bem na equipe titular e não saiu mais, dando consistência ao setor. Na defesa, Van Gaal utiliza o zagueiro Breno em jogos do Alemão, mas o brasileiro não deve atuar contra a Internazionale.

Leia tudo sobre: Futebol MundialAlemanhaItáliaEspanhaInglaterraFrança

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG