Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ofensivos, Santos e Atlético-PR fazem duelo dos “ameaçados”

Muricy chegou a ser mal-educado ao falar sobre zona de rebaixamento. Atlético-PR é o último colocado

Samir Carvalho e Leonardo Fagundes, iG Esporte |

O Santos pretende manter o esquema ofensivo que perdeu para o Flamengo na última quarta-feira, para superar o Atlético-PR neste domingo, às 18h30 (de Brasília), na Arena da Baixada, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, e deixar a zona de rebaixamento. O problema é que os paranaenses também estão “ameaçados” e prometem atacar os santistas para fugir da última colocação.

Na lanterna, o Atlético somou apenas cinco pontos na competição. Já o Santos está na 17ª colocação, mas conta com três jogos a menos, adiados devido a participação da equipe nas finais da Copa Libertadores da América e também por causa do excesso de atletas convocados para a seleção brasileira principal e sub 20.

Entre para a Torcida Virtual de Santos e Atlético-PR e convide os amigos

Apesar dos jogos adiados serem complicados – contra Corinthians, Fluminense e Grêmio – o técnico Muricy Ramalho não quer ouvir falar sobre zona de rebaixamento. Questionado em entrevista coletiva sobre a atual posição do Santos, o treinador foi mal-educado com o repórter.

“Isso não conta, pois estamos com jogos a menos. É que você deve ser de outro país. não avisou o cara ali. Não te avisaram sobre isso né?” afirmou o técnico ao repórter que fez a pergunta.

O treinador parecia irritado com a derrota para o Flamengo, pois também foi rude ao responder sobre o provável time que enfrenta o Atlético-PR. “O Adriano não está disponível, então não vem me arrumar problema agora”, disparou.

Siga o Twitter do iG Santos e receba as notícias do time em tempo real

Sem Adriano e Henrique, que estão em recuperação de lesões, o Santos será o mesmo que enfrentou o Flamengo. A escalação continua bastante ofensiva, já que o meio-campo com Arouca, Ibson, Elano e Ganso será mantido. No ataque, A dupla Borges e Neymar, que estreou com quatro gols , também está confirmada.

AE
Renato Gaúcho não teme Neymar e companhia
No Atlético-PR, o técnico Renato Gaúcho não contará com o zagueiro Gustavo, expulso contra o Ceará e Madson, que já não enfrentaria o Santos por força de contrato, e está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Além deles, Paulo Baier, Paulo Roberto e Nieto seguem em tratamento no departamento médico e não jogam. Já o zagueiro Manoel, que desfalcou o time nas duas ultimas rodadas treinou normalmente na manhã deste sábado, no CT do Caju, e deve estar entre os titulares.

Para o lugar de Madson, o atacante Rodriguinho, que estreou diante do Ceará, será o provável companheiro de ataque de Santiago García. “Não vou ficar lamentando por A, B ou C. Vão fazer falta sim, mas tenho que dar moral para quem vai entrar”, disse o técnico Renato Gaúcho, que não teme enfrentar o Santos de Neymar e companhia.

"Todo jogo é decisão, é matar um leão. No meu entendimento vamos pegar a melhor equipe atualmente no Brasil, com jogadores a nível de seleção brasileira e um grande treinador", concluiu.

FICHA TÉCNICA - ATLÉTICO-PR X SANTOS

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data/hora: 31/07/2011 às 18:30
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Francisco Pereira de Souza (RJ)

Atlético-PR: Renan Rocha; Edilson, Manoel, Fabrício e Paulinho; Deivid, Cleber Santana, Kleberson e Marcinho; Rodriguinho (Branquinho) e Morro García.

Santos: Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Ibson, Elano e Ganso; Neymar e Borges. Técnico: Muricy Ramalho.


 

Leia tudo sobre: santosatlético-prmuricy ramalhobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG