Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Oeste vence Ponte Preta e conquista título do interior

Herói do título foi o atacante Anselmo Ramon, que marcou os dois primeiros gols do time de Itápolis

Gazeta |

O Oeste reverteu a desvantagem na noite deste sábado e conquistou o Troféu do Interior do Campeonato Paulista. Em jogo realizado no estádio dos Amaros, em Itápolis, a equipe da casa sagrou-se campeã ao vencer a Ponte Preta por 3 a 0.

O herói do título foi o atacante Anselmo Ramon, que marcou os dois primeiros gols do Oeste, no segundo tempo. Fernandinho, por sua vez, fechou o placar nos acréscimos. Depois da derrota por 2 a 1 em Campinas, a equipe de Itápolis jogou o tempo inteiro no ataque para conquistar a taça em casa, enquanto a Macaca desperdiçou a vantagem de jogar pelo empate.

O time de Luís Carlos Martins foi para a disputa do título do interior depois de ter sido eliminado pelo Corinthians das quartas de final do Paulistão. Já a Macaca caiu na mesma fase do Estadual, mas diante do Santos.

Os minutos finais da decisão deste sábado ainda esquentaram com discussão entre atletas dos dois clubes, que resultou na expulsão de Roger (Oeste) e Guilherme (Ponte).

O jogo

O Oeste entrou em campo disposto a não dar tempo para a Ponte Preta se ajustar em campo. Assim, logo aos dois minutos, em cobrança de falta da intermediária, Fernandinho levantou a bola na área, e Paulo Miranda desviou de cabeça. O goleiro Bruno se esticou para espalmar, e a bola ainda tocou no travessão antes de sair.

Ao se recuperar do susto, quatro minutos depois, a Macaca tratou de responder ao time da casa, pois Rômulo ajeitou na área para Válber chegar batendo, mas Fábio fez a defesa.

Do outro lado, Fernandinho decidiu arriscar de longe e obrigou o goleiro Bruno a interceptar novamente. Aos poucos, Tiago Luís tentou puxar a Ponte de volta ao ataque, mas sem conseguir ameaçar o goleiro Fábio, que só observou batida para fora de Renatinho.

Já a equipe de Itápolis seguiu perigosa. Em jogada rápida, Roger recebeu pela direita e chutou forte, alto, mas a bola carimbou as duas traves. O rebote voltou para o meio da área, onde apareceu Anselmo Ramon para emendar, exigindo defesa de Bruno.

O técnico Gilson Kleina percebeu a superioridade do adversário e tentou fechar um pouco o meio-campo da Ponte, tirando o atacante Rômulo para a entrada de Eduardo Arroz. Mas a mudança não impediu que a pressão do Oeste continuasse. Depois de cruzamento da direita, que passou em frente ao gol, Caldeira pegou a bola e bateu forte, para nova defesa de Bruno.

O arqueiro ainda teve que trabalhar em finalização de Mazinho instantes depois. Antes do apito final, o jogo chegou a esquentar com discussão entre jogadores dos dois times, mas o árbitro apartou para conduzir o jogo sem percalços ao intervalo.

No intervalo, o técnico Gilson Kleina fez nova mudança, com Mancuso na vaga de Xaves. No entanto, o time anfitrião abriu o placar aos três minutos da etapa final. Paulo Miranda cobrou falta de longe e Bruno espalmou, mas a bola bateu no travessão e voltou para a pequena área. Rápido, Anselmo Ramon chegou livre para chutar no gol vazio, com o goleiro caído.

A Macaca, então, passou a puxar contra-ataques, como o lance puxado por Tiago Luís, que avançou pela esquerda, se livrou da marcação e arrematou para fora. Para deixar sua equipe mais ofensiva, o técnico Luís Carlos Martins colocou Reinaldo na vaga de Caldeira.

E a substituição nem precisou surtir efeito. Aos 23, Anselmo Ramon dominou na intermediária, fez fila na defesa, invadiu a área e chutou forte para balançar as redes. Logo depois do gol, Kleina substituiu Renatinho por Ricardo Jesus.

A Ponte partiu para o ataque, mas ainda levou susto, como o chute livre de Ramon, que foi defendido de forma incrível por Bruno. Nos minutos finais, uma discussão entre jogadores dos dois clubes acabou com a expulsão de Guilherme, da Ponte, e de Roger, do Oeste.

Aos 47 minutos, Fernandinho recebeu livre na área e chutou para marcar o terceiro gol. O time de Itápolis, então, segurou o placar até o fim para comemorar o título em casa.

FICHA TÉCNICA - OESTE 3 X 0 PONTE PRETA

Local: Estádio dos Amaros, em Itápolis (SP)
Data: 7 de maio de 2011, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: José Claudio Rocha Filho
Assistentes: Mário Nogueira da Cruz e Mauro André de Freitas
Assistentes adicionais: Claudinei Forati Silva e Leonardo Ferreira Lima
Cartões amarelos: Anselmo Ramon, Caldeira, Fernandinho (Oeste). Xaves, Ferron, Leandro Silva (Ponte)
Cartões vermelhos: Roger (Oeste). Guilherme (Ponte)
GOLS: OESTE: Anselmo Ramon, aos 3 e aos 23 minutos do segundo tempo. Fernandinho, aos 47 minutos do segundo tempo

OESTE: Fábio; Cris, Paulo Miranda e Caldeira (Reinaldo); Dede, Adriano, Márcio Passos, Roger e Fernandinho; Mazinho (Alex William) e Anselmo Ramon
Técnico: Luís Carlos Martins

PONTE PRETA: Bruno; Guilherme, Leandro Silva, Ferrón e João Paulo; Xaves (Mancuso), Josimar, Renatinho (Ricardo Jesus) e Válber, Tiago Luís e Rômulo (Eduardo Arroz)
Técnico: Gilson Kleina

Leia tudo sobre: oesteponte pretacampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG