Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Obras do Castelão avançam em edificações, mas arena não mudou

Estacionamento coberto e edificações de órgãos estaduais já foram concluídos, totalizando 50% da obra terminada

Daniel Aderaldo, iG Ceará |

Palco cearense dos jogos da Copa do Mundo e da Copa das Confederações, o estádio Castelão, em Fortaleza, está com mais de 50% de reforma e ampliação concluídas. Duas etapas das obras que incluem um estacionamento coberto e edificações que abrigam órgãos estaduais já foram concluídas e uma até inaugurada. Por outro lado, depois da implosão de parte da arquibancada, pouco mudou na arena esportiva propriamente dita.

Leia também: Ricardo Teixeira visita Castelão e exalta Ceará

Fortaleza ainda não viu a maioria das obras prioritárias para a realização da Copa saírem do papel. O Castelão é uma das exceções. A reforma da arena é considerada por muitos a mais adiantada das cidades-sedes que receberão jogos da Copa. Tanto a capital cearense foi uma das escolhidas para receber jogos da seleção brasileira e também para sediar a Copa das Confederações.

O governo do Ceará afirma que já executou 51,25% das obras e promete terminar o ano com 53%. Empolgados com o bom andamento, a Secretaria Especial da Copa e o consórcio de construtoras responsáveis começaram nesta quarta-feira (14) uma contagem regressiva até 31 de dezembro de 2012, data em o estádio deve estar pronto para receber jogos oficiais.

Apesar de já ter metade das obras anunciadas prontas, o governo do Ceará ainda tem muito que fazer nos próximos 382 dias. Até agora, as duas etapas concluídas incluem apenas edificações de importância secundária para as partidas de futebol. Isso inclui parte do estacionamento coberto, uma praça e o Edifício Fares Cândido Lopes, nova sede da Secretaria de Esporte do Ceará e do Departamento de Arquitetura e Engenharia.

Daniel Aderaldo
Máquinas trabalham no entorno do Castelão

Entretanto, o campo de futebol sofreu poucas intervenções até o momento. Os novos anéis inferiores da arquibancada ainda não começaram a ser construídos e a recuperação do anel superior só está prevista para começar em 2012. Com isso, a cara da arena pouco mudou desde que a antiga arquibancada oeste foi implodida. É nessa clareira aberta no Castelão que ficará o edifício central, onde ficará o coração do estádio com administração, sala de monitoramento, controle automatizado, vestiários, camarotes e áreas VIPs.

Por enquanto, os operários trabalham no início da construção da laje do prédio principal. Já cobertura do estádio fica pronta em fevereiro de 2012 e o prazo dado pela Secopa para a montagem da estrutura se encerra no mês de agosto. As cadeiras serão colocadas entre maior e setembro também do ano que vem. E ainda há uma ideia de que parte do estádio seja alimentada com energia solar.

No total, estão sendo investidos R$ 518 milhões na obra. Além das adequações exigidas pela Fifa, a capacidade do estádio irá passar de 60 mil para 65 mil lugares.

Leia tudo sobre: copa 2014castelão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG