As duas equipes, ambicionando o G-4, se enfrentam nesta sexta-feira, às 19h30, em Criciúma

De um lado o Criciúma , na oitava posição no Campeonato Brasileiro da Série B, sonhando em atingir o G-4, e de outro o Americana , que há três rodadas sem vencer acabou deixando a zona de acesso e foi ultrapassado na tabela.

As duas equipes, ambicionando o G-4, se enfrentam nesta sexta-feira, às 19h30, no Estádio Heriberto Hulse, na cidade de Criciúma, pela 14ª rodada da competição.

O time da casa ainda busca afirmação na Série B, pois com 20 pontos, está próximo do G-4, e após a vitória suada sobre o Icasa, em Juazeiro do Norte, tenta a segunda vitória seguida na competição.

Concentrado para a partida desde a noite da última quarta-feira, o Criciúma deu uma sobrevida ao técnico Guto Ferreira com o resultado positivo sobre os cearenses, já que o treinador estava ameaçado de demissão por conta de duas derrotas, diante de Salgueiro e Paraná, nas rodadas anteriores.

Uma derrota, no entanto, pode custar caro a Guto que, em busca de evitar o risco, está fazendo mistério em relação aos titulares para o embate.

A única alteração deve ser na zaga, com a entrada de Toninho no lugar de Anderson Conceição, que foi expulso contra o Icasa.

O meio-campista Roni dificilmente fica à disposição para a partida, pois ainda se recupera de uma lesão na virilha e, por isso, deve continuar dando espaço a Pedro Carmona entre os titulares. O departamento médico intensificará o tratamento para colocar o craque do time em campo, mas reconhece a dificuldade desse feito.

Enquanto isso, do outro lado do gramado, estará o Americana, com um ponto a mais, mas em situação um pouco mais complicada, já que não vence desde o dia nove de julho, quando encarou o Boa Esporte, no Estádio Décio Vitta.

Desde então, foram duas derrotas, contra Náutico e Goiás e um empate fora de casa contra a Portuguesa. Por conta desses resultados, a equipe deixou o G-4 da competição e foi ultrapassada na tabela.

O técnico Toninho Cecílio, nem tão ameaçado quanto seu companheiro catarinense, conduziu o último treinamento na manhã desta quinta-feira antes de partir para o palco do confronto de sexta.

Ele acredita em uma partida muito difícil, já que os dois times estão em situações parecidas na tabela: "Será mais um jogo decisivo para nossa equipe. O Criciúma ficou invicto dentro de casa durante muito tempo e temos que ter cuidado, pois é uma equipe que está na briga direta pelo G-4″, afirmou Cecílio.

Apenas dois desfalques dão dor de cabeça ao comandante da Águia. No entanto, são duas ausências de considerável importância: o volante Júlio César, que contraiu uma virose e o experiente atacante Dodô, que tem uma lesão no joelho direito e desfalca a equipe por pelo menos 15 dias.

Em busca do G-4, os dois times prometem um duelo disputado, já que os anfitriões desejam manter a reabilitação e os visitantes sonham com ela.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA X AMERICANA

Local : Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data : 29 de julho de 2011, sexta-feira
Horário : 19h30 (de Brasília)
Árbitro : Pericles Bassols Pegado Cortez (FIFA - RJ)
Assistentes : Marcelo Braz Mariano e Andréa Marcelino de Sá (ambos do RJ)

CRICIÚMA : Andrey; Fabinho Capixaba, Rogélio, Toninho e Pirão; Henik, Baraka, Aloísio e Pedro Carmona; Adeílson e Zé Carlos
Técnico : Guto Ferreira

AMERICANA : Jailson; Paulo Sérgio, Henrique, Thiago Gomes e Magal; Léo Silva, Alê, Luís Felipe e Marcinho; André Luiz e Reinaldo
Técnico : Toninho Cecílio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.