Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Obina destaca briga dura no ataque

Força ofensiva do Atlético-MG foi reforçada com contratações e terá uma disputa quente por posições

Gazeta |

Em 2010 o atacante Obina, reinou absoluto no ataque do Atlético-MG. Para essa temporada, o centroavante terá que superar adversários de peso para manter a titularidade no Galo. O jogador, no entanto, acredita que a briga sadia será boa para a equipe e vai exigir muito empenho e dedicação de todos os atletas durante o treinamento.

"A concorrência fica bem maior e acaba sendo um quebra-cabeça para o Dorival. Com certeza ele vai escolher quem tiver melhor para poder ajudar o Atlético e isso é muito importante para o nosso grupo. Quando a gente tem uma concorrência tão grande como essa, a tendência é buscar melhorar a cada treino para poder conseguir nosso espaço", declarou.

O Atlético-MG possui para o ataque, além de Obina, Diego Tardelli, Neto Berola, Ricardo Bueno, e os recém contratados Jobson, Magno Alves e Wesley. Outro reforço que também pode atuar no ataque e esquentar ainda mais a briga é Mancini, último jogador a ser anunciado pelo clube.

Perguntado sobre uma possível saída do Galo, Obina tranquilizou a torcida, e declarou que nem pensa em deixar o clube por enquanto. O jogador foi especulado por clubes do mundo árabe.

"Neste momento não penso em sair daqui. Como falei antes, o que for bom para o Atlético, eu vou acatar. Se a diretoria achar que a oportunidade é boa para ganhar um bom dinheiro e também me ajudar, com certeza vou pensar", afirmou.

 

 

 

 

 

Leia tudo sobre: genetatletico-mgobina

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG