Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Números comprovam defensividade do Botafogo, criticada por Abreu

Atacante uruguaio reclamou do estilo de jogo da equipe após a vitória de 2 a 1 sobre o Duque de Caxias

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O técnico Joel Santana garante que a discussão com o atacante Loco Abreu está encerrada. O uruguaio reclamou do estilo de jogo do Botafogo após a vitória de virada sobre o Duque de Caxias, por 2 a 1, na primeira rodada do Campeonato Carioca. Segundo Loco Abreu, a equipe de General Severiano joga apenas marcando e não 'trata bem a bola'.

O técnico Joel Santana não gostou das declarações e respondeu após a partida. "Desde que cheguei aqui, se for feito um somatório das vitórias, empates e derrotas, vai dar 68 ou 70% de aproveitamento. Cada um joga com as armas que tem", disse o treinador. Na partida contra o Duque de Caxias, o Botafogo teve 53% de posse de bola, contra 47% do time visitante.

Apesar de Joel não ter aprovado os comentários de Loco Abreu, os números mostram que o uruguaio tem razão ao analisar a equipe do Botafogo como defensiva. Segundo dados do Footstats, o Botafogo foi a terceira equipe com menor média de posse de bola no último Campeonato Brasileiro, com 11,53 minutos por partida. A equipe com maior tempo de posse de bola foi o Corinthians, com 15,18 minutos.

Usando principalmente os contra-ataques quando atuava fora de casa, quem brilhou no Botafogo foi o goleiro Jefferson, presente nas últimas convocações do técnico Mano Menezes para a Seleção Brasileira. Segundo o Footstats, Jefferson foi o terceiro goleiro que mais fez defesas difíceis, com média de 3,9 por partida. Outro critério que comprova a falta de ofensividade do Botafogo é o número de finalizações. No último Campeonato Brasileiro, a equipe foi a quarta que menos vezes chutou a gol, com média de 13 por partida. O Santos foi o líder nesse quesito, com 14,8 arremates por jogo.

Apesar dos números defensivos, o técnico Joel Santana tem números positivos no comando do clube. Campeão Carioca em 2010 e 6° colocado no último Campeonato Brasileiro, o treinador chegou ao 62° jogo pelo Botafogo, desde que voltou ao clube, em janeiro do ano passado. Foram 32 vitórias, 20 empates e 10 derrotas. Um aproveitamento de 62,3%.

Leia tudo sobre: botafogojoel santanauruguaicampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG