Alguns dos feridos sofreram lesões após a queda de parte da barreira metálica que separa as arquibancadas

Torcedores de dois times de futebol rivais na Jordânia se envolveram em uma briga generalizada após uma partida na noite desta sexta-feira, deixando 250 feridos e agravando as divisões entre os clãs beduínos e os refugiados palestinos que vivem no país. A partida era entre o Wehdat e o Faisali, duas equipes de rivalidade histórica.

A maioria dos jogadores e torcedores do Faisali são de clãs beduínos nativos, enquanto os do Wehdat são primariamente descendentes do 1,8 milhão de palestinos refugiados após a criação de Israel em 1948.

O chefe da polícia local, Ahmed Abu-Hamad, afirmou que a queda de uma grade de metal que separava os torcedores causou a maioria dos ferimentos. Além disso, ele informou que 30 policiais ficaram machucados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.