Vítor Ferreira, que foi auxiliar de ex-treinador durante temporada vitoriosa, assinou contrato de dois anos

O novo técnico do Porto , Vítor Ferreira, ex-assistente técnico do clube português, revelou que André Villas-Boas o convidou para seguir rumo ao Chelsea , provável destino do técnico de 33 anos.

"Villas-Boas me colocou essa possibilidade, mas o meu compromisso era com o Porto. Não há melhor clube do que este para continuar a ter êxito. Estou onde gostaria de estar e onde sonhei estar", revelou ao jornal Record , de Portugal.

Após uma temporada com grande destaque - o time conquistou a Liga Europa, a Taça de Portugal e Campeonato Português (este de forma invicta) -, Vítor Ferreira não teme uma possível pressão pelo trabalho realizado por Villas-Boas.

"O André fez a sua história, da qual eu também me orgulho. Mas o que passou, passou. O André sabe que o Porto vai continuar a ganhar", frisou o novo comandante do clube português.

Vítor Ferreira assinou com o Porto um contrato de dois anos, com multa rescisória de 18 milhões de euros - valor ainda maior que a multa de Villas-Boas, avaliada em 15 milhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.