Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Novo presidente do Cruzeiro avisa: "Valor de Montillo sobe dia 1"

Gilvan de Pinho, que assume dia 1°, disse que não vai vender o argentino para Corinthians ou São Paulo

Gazeta |

Vipcomm
Montillo interessa a vários clubes brasileiros
A última palavra a respeito do 'caso Montillo' não é mais do Corinthians, que fez uma proposta oficial pelo meio-campista e dizia apenas aguardar a resposta dos cruzeirenses. Dessa vez, foi Gilvan de Pinho Tavares, presidente eleito da equipe mineira, quem deixou claro que a partir do dia 1º de janeiro de 2012 o valor de 15 milhões de euros (R$ 36 milhões) para a contratação do jogador sobe.

Leia mais: Cruzeiro acha impossível vender Montillo

Isso porque Gilvan já responde como presidente do clube e foi apresentado, mas, até o próximo sábado, o mandatário de forma oficial ainda é Zezé Perrella, hoje Senador. Para o novo presidente, os valores aumentam porque o meia argentino não pode deixar o Cruzeiro de maneira nenhuma.

Mercado da bola: Confira todas as transferências do futebol brasileiro

"Minha posição é que se não chegarem com 15 milhões de euros eu não vendo. Nosso plantel de 2012 vai ser formado a partir de craques como o Montillo e nós não podemos abrir mão de nada disso. É um negócio oferecido pelo Zezé Perrella e, como o mandato dele vai até o dia 31 de dezembro, esse valor vale apenas até esta data", disse o dirigente, à Rádio Itatiaia.

Além do contato oficial do Corinthians, que não ofereceu o valor estipulado pela direção do Cruzeiro, o São Paulo também fez uma oferta de 10 milhões de euros e mais o empréstimo de três jogadores, o que não foi aceito pela cúpula cruzeirense. De acordo com Gilvan, são propostas "infrutíferas".

Mesmo admitindo que o São Paulo chegou perto de contratar o argentino, Gilvan garantiu que não deseja perdê-lo: "O Montillo hoje é o doce de coco dos clubes brasileiros, todos eles querem a contratação. São Paulo e Corinthians fizeram tentativas infrutíferas de levar o Montillo, mas a torcida do Cruzeiro pode ficar tranquila".

Leia tudo sobre: CruzeiroSão PauloCorinthiansMontillo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG