Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Novo patrocinador aumenta confiança do Botafogo nas contratações

Receita com o patrocinador da camisa será exclusiva para o departamento de futebol, diz o presidente

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Divulgação
Presidente do Botafogo (à esq.) volta a aposta em time forte para o Brasileirão
O Botafogo terá uma ajuda para buscar novos reforços no mercado. Com o anúncio, na última sexta-feira, do acordo de patrocínio da empresa João Fortes, de construção civil, o clube terá um aumento na receita, que segundo o presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, será destinado para o departamento de futebol. Por isso, o mandatário comemora o contrato e diz que o clube terá força na disputa do Campeonato Brasileiro, que começa neste sábado.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

"No futebol atual, sabemos que muitas receitas de patrocinadores acabam indo para vários departamentos do clube, mas no Botafogo, nossa ideia é que essa receita seja exclusiva para o futebol. As receitas adquiridas com o futebol, devem ficar dentro do futebol. Minha convicção de que teremos um grande time ficou ainda maior, porque estou mais forte. Algumas pessoas têm o direito de não acreditar, mas continuo apostando", declarou Assumpção.

Apesar do aumento no orçamento do clube, a possibilidade de que a nova patrocinadora seja parceira do Botafogo na contratação de jogadores foi descartada, pelo menos num primeiro momento. "Não existe qualquer acordo para a contratação de um jogador vinculado a este patrocínio. Isso não faz parte do contrato entre as partes, mas não sei no futuro", completou o presidente do Botafogo.

Seedorf
Esperando uma posição do jogador holandês, o presidente do Botafogo declarou que foi convidado para apresentar o projeto pela equipe do jogador, que teria feito várias perguntas sobre a rotina de treinamentos e preparação física, demonstrando interesse na proposta.

"Não fomos lá bater na porta dele, fomos convidados e ficamos durante mais de três horas reunidos. Ele perguntou coisas do clube, não referentes a história, porque já conhecia, mas como é feita a preparação, como é a rotina de treinamentos, a alimentação, quem são os jogadores. Acho que isso deixa claro o respeito que o Seedorf teve por nosso projeto", disse Maurício Assumpção.

O dirigente também deixou claro que não há chances de competir com o Milan, atual clube do jogador, e países europeus, mas que no Brasil, a proposta do Botafogo é excelente.

"Não sou concorrente do Milan, nem do futebol europeu. Temos consciência disso. Mas no Brasil eu (Botafogo) brigo forte, brigo muito forte. Nosso projeto foi muito elogiado, mas temos que esperar. Não adianta ficar fazendo projeções", completou Assumpção,

Leia tudo sobre: botafogobrasileirão 2011mercado da bolamilan

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG