Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Novo goleiro do Fluminense não lamenta ida para Europa

Apesar de passagens ruins por Liverpool e Cesena, Diego não se arrepende de ter deixado o Brasil em 2008

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Photocamera
Diego Cavalieri exibe a camisa do Fluminense em sua apresentação nas Laranjeiras
Apesar das passagens frustrantes e apagadas por Liverpool (ING) e Cesena (ITA), Diego Cavalieri afirmou na sua apresentação que não se arrepende de ter trocado o Palmeiras pelo futebol europeu em outubro de 2008. Embora vivesse um excelente momento, o goleiro lembra que à época Marcos havia recuperado a posição de titular e ele também estava sem jogar quando apareceu a proposta do time inglês.

“Todo mundo me pergunta isso, mas eu pensei muito antes de ir jogar na Inglaterra. As pessoas não lembram, mas o Marcão tinha voltado ao time e eu também estava sem muitas oportunidades de jogar. Até que surgiu a proposta de um clube como o Liverpool e eu achei que era a hora de deixar o Parque Antártica”, afirmou Diego Cavalieri, que defendeu o Palmeiras por 13 anos.

A permanência no Palmeiras não era garantia nenhuma para uma possível convocação para a disputa da Copa de 2010, mas a dúvida sempre irá atormentar as lembranças de Diego Cavalieri. No entanto, o goleiro de 29 anos sabe que sua volta ao futebol brasileiro pode lhe abrir as portas para a renovada Seleção Brasileira de Mano Menezes.

“Vamos por partes. Claro que o objetivo de todo jogador é a Seleção, mas primeiro eu quero me adaptar aos novos companheiros, ao meu novo clube e a nova vida. É um ano importantíssimo para o Fluminense com a disputa da Libertadores. O que vier depois disso será consequência do meu trabalho”, explicou.

Leia tudo sobre: FluminenseDiego Cavalieri

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG