Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Novo esquema tático pode resolver os problemas do Inter

Técnico Celso Roth testou o 4-4-2 contra o Prudente e gostou do que viu. A mesma ideia pode ser mantida contra Pachuca ou Mazembe

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854484590&_c_=MiGComponente_C

Uma das principais preocupações do técnico Celso Roth parece estar chegando ao fim: a falta de um melhor desempenho do ataque. Na vitória de 3 a 0 contra o Prudente, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, o Inter atuou no 4-4-2, o esquema tático já vinha sendo utilizado nos últimos treinamentos e tem dado resultado.

"O Sóbis facilita o trabalho do Alecsandro. O Alecsandro já foi bem melhor hoje e ambos estao evoluindo a parceria", comemorou o treinador.

Durante boa parte da temporada o Inter jogou no 4-2-3-1, e por algumas vezes o time acabou encontrando diificuldades no setor de frente. Com Sóbis mais avançado, o time evoluiu.

"Nenhum esquema tático vai funcionar se os jogadores não entenderem ou nao se sentirem à vontade. As vezes o treinador coloca um esquema e o jogador nao quer fazer determinadas funções, aí acaba nao dando certo. O Sóbis agora está jogando na função que ele gosta", admitiu Alecsandro.

Celso Roth já havia dito que estava "testando todas as possibilidades". Pelo que aconteceu nos últimos dias, o Inter deve entrar em campo no 4-4-2, dia 14 de dezembro, contra Pachuca ou Mazembe na estreia do Mundial de clubes.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG