Tamanho do texto

De volta ao time após três meses, atacante só jogou nove vezes no Santos e está emprestado até dezembro

O meia-atacante Diogo será a principal novidade do Santos no clássico contra o Palmeiras neste domingo , às 18h30 (de Brasília), no estádio do Pacaembu, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. De volta ao time após três meses, o atleta encara a oportunidade como um recomeço, e quer aproveitar a nova oportunidade para convencer Muricy Ramalho e diretoria que pode continuar no clube para a próxima temporada.

Siga o Twitter do iG Santos e receba notícias do time em tempo real

“Acredito que tudo começa agora. Vou procurar aproveitar bem todas as chances que eu tiver. Agora, é uma questão de ritmo de jogo, pois fiquei muito tempo sem poder atuar”, afirmou Diogo.

O atacante, revelado pela Portuguesa, está emprestado ao Santos pelo Olympiakos, da Grécia, até o final do Campeonato Brasileiro. Caso os dirigentes santistas pretendam contratá-lo em definitivo, terá que pagar ao clube grego 7 milhões de euros (cerca de 15 milhões).

Até o momento, Diogo não justifica o investimento. Contratado em janeiro, o atleta disputou nove partidas apenas pelo Santos e não marcou nenhum gol. Um dos motivos do pouco aproveitamento foi uma fratura por estresse na vértebra L5 no dia 14 de abril, quando a equipe santista enfrentou o Cerro Porteño no Paraguai, pela fase de grupos da Libertadores.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide os amigos

“Todo mundo sabe que é difícil voltar após uma lesão. Estou curado e agora é ganhar ritmo. Tive uma recuperação muito difícil, pois minha lesão foi numa região complicada. Hoje em dia, estou curado. É um recomeço para mim. No começo, acho que consegui fazer alguns bons jogos, mas depois me machuquei e fiquei quase três meses sem jogar. Agora, espero poder voltar bem e ajudar o Santos”, concluiu.

O Santos está definido para enfrentar o Palmeiras com a seguinte formação: Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval, Léo; Arouca, Rodrigo Possebon, Danilo, Diogo, Rychely; Borges.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.