Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Nova derrota faz tática Celso Roth voltar a ser debatida no Inter

Esquema com apenas um atacante ajudou a tirar do Beira-Rio o técnico que foi anunciado pelo Grêmio

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Quem andou meio desavisado na quinta-feira pode até ter confundido as histórias. Celso Roth foi anunciado como novo técnico do Grêmio, enquanto o Inter enfrentou o Fluminense com o mesmo esquema tático preferido por Roth, e que acabou derrubando o treinador no Beira-Rio.

No 4-5-1, escolhido pelo interino Osmar Loss, o time levou 2 a 0 do Fluminense. O Inter até não jogou mal, chegou a ser superior em boa parte do primeiro tempo, mas a bola não chegava em Leandro Damião. Após o jogo, o atacante desabafou:

“Quando (a bola) chega, é balão”, sorriu.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

A tática com apenas um atacante contribuiu e muito para a queda de Celso Roth, em abril. O treinador foi campeão da Libertadores de 2010 com esse esquema tático, mas nunca mais repetiu o desempenho desde a saída de Taison (agosto de 2010), que era peça fundamental na ligação meio-campo e ataque.

null

Alecsandro morria de fome esperando a bola em vários jogos da temporada passada. A história já se repetiu com Damião, em algumas vezes em 2011.

“Foi uma derrota feia, foi muito feio isso. Poderíamos ter empatado, mas erramos o pênalti. O grupo tem que estar unido para reverter”, concluiu o goleador.

A delegação do Inter volta a Porto Alegre nesta sexta-feira, às 12h. Domingo, o Cruzeiro visita o Beira-Rio. O lateral-esquerdo Kléber recebeu o terceiro cartão amarelo e será desfalque.

A tendência é que Loss mantenha a ideia de time. Jô, Lucas Roggia e Dellatorre são os atacantes à disposição, e que poderiam ajudar a tirar Damião da solidão.

Leia tudo sobre: InternacionalCelso RothOsmar LossLeandro Damião

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG