Com mais cabeça, são-paulino pensa em repetir a história de sucesso que a dupla de volantes teve com a camisa tricolor

Denilson treinou no Reffis nesta terça
Rubens Chiri/Site oficial
Denilson treinou no Reffis nesta terça
Revelado pelo São Paulo em 2005, o jovem Denilson , na época, não teve muitas oportunidades de mostrar seu futebol no time profissional. Isso porque a equipe contava com uma dupla de volantes que, até hoje, é considerada uma das melhores da história do clube: Mineiro e Josué . De volta ao Morumbi após cinco anos atuando na Inglaterra, o atleta já fala em repetir o sucesso que os dois ex-são-paulinos tiveram.

Siga o iG São Paulo no Twitter

"Aquele time de 2005 tinha experiência muito grande, com Rogério Ceni , Fabão , Lugano , a dupla de volantes Mineiro e Josué. Espero fazer a mesma história que Mineiro e Josué fizeram no São Paulo", comentou Denilson, reserva na equipe tricampeã da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

Nas cinco temporadas em que esteve no Arsenal , o atleta de 23 anos atuou em 96 partidas, com sete gols anotados. Uma das características mais marcantes de Denilson é o chute forte de fora da área, fundamento que, segundo o próprio jogador, era um defeito seu antes de ir para a Europa.

"Acho que cresci lá muito a foi parte tática. Aprendi muito com isso. Claro que se você tem uma chance de bater de longe é muito bom. Treinei muito isso lá, já que era uma deficiência minha. Assim consegui fazer bastante gols deste jeito", avaliou o camisa 15 são-paulino.

Denilson deixou o São Paulo aos 18 anos de idade, na metade de 2006. Ele tem 22 partidas disputadas com a camisa tricolor e ainda não fez gol. No seu retorno, agora com status de ídolo, o jogador se diz mais maduro e não se arrepende de ter saído do Brasil tão cedo, com pouco mais de um ano como profissional.

Denilson treinou no Reffis nesta terça
Rubens Chiri/Site oficial
Denilson treinou no Reffis nesta terça
"Sai cedo. Mas por outro lado foi uma oportunidade muito boa para mim. Todo jovem quer jogar no Barcelona ou em um time grande da Europa. Achei que tinha que sair. Tive cinco anos de Arsenal. Hoje o Denilson volta mais maduro, com mais cabeça, doido para ganhar títulos aqui", contou.

O volante foi apresentado nesta terça-feira no CT da Barra Funda e, na parte da tarde, realizou um treinamento físico no Reffis. Mesmo com pouco tempo para treinar com o restante do grupo, Denilson disse que vai conversar com a comissão técnica sobre sua estreia , que pode acontecer já no sábado, diante do Atlético-GO, no Morumbi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.