Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Noroeste sofre, mas consegue empatar no final contra o Bragantino

Com gol aos 47 minutos do segundo tempo, Noroeste empatou jogo em 2 a 2 e chegou à quarta igualdade no Paulista

Gazeta |

O Noroeste chegou animado para o jogo desta quarta-feira diante do Bragantino, já que havia empatado com o Corinthians, jogando na capital, no fim de semana. Mas, a equipe do técnico Luciano Dias voltou a apresentar falhas no sistema defensivo e conseguiu apenas um empate dentro de casa, com um gol já aos 47 minutos da etapa final.

Após um primeiro tempo com poucas chances, atrapalhado pela má condição do gramado por causa das chuvas em Bauru, o Noroeste saiu na frente logo aos três minutos da segunda etapa, com o zagueiro Matheus, de cabeça.

Porém, mostrando certa desatenção na zaga, os bauruenses levaram a virada. Primeiro, aos 28 minutos, Rodriguinho aproveitou sobra da defesa dos donos da casa e bateu cruzado. Juninho Quixadá, livre na pequena área, só completou e empatou o jogo. Aos 43, o mesmo Quixadá invadiu a área e sofreu pênalti infantil de Matheus.

Na cobrança, Luciano Sorriso bateu com categoria e fez aquele que parecia ser o gol da vitória dos visitantes. Porém, aos 47, Thiago Marin desceu pela esquerda e alçou na medida para Da Silva, que cabeceou firme, sem chances para Gilvan, selando o empate.

Aogra com cinco pontos, o Massa Bruta continua longe de Bragança, já que enfrenta o Botafogo, em Ribeirão Preto, no domingo. Já o Norusca, com quatro, tenta acabar com a 'maldição dos empates' recebendo o Americana, no sábado.
 

Leia tudo sobre: BragantinoNoroestecampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG