Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No Vasco, Diego Souza lembra que nunca perdeu para o Corinthians

Meia enfrentou o adversário de quarta-feira no Brasileiro quatro vezes: foram duas vitórias e dois empates

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

AE
Diego Souza lembra que na Copa do Brasil, jogadores de frente marcaram muitos gols
Quarta-feira, no Pacaembu, o Vasco enfrenta o Corinthians , pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Para um jogador, em especial, o clássico traz boas lembranças. O meia Diego Souza , que durante três anos defendeu o Palmeiras , se recorda dos confrontos contra o rival do Parque São Januário. Se valer a escrita, ele espera sair de campo sem derrota. O jogo pode marcar a estreia de Juninho Pernambucano pelo clube de São Januário .

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Em quatro duelos contra o líder do Brasileiro, Diego não experimentou a sensação de perder o disputado clássico paulista. "Venci duas vezes, em 2008 (1 a 0) e 2009 (3 a 0), e empatei outros duas, 1 a 1 e 2 a 2, em 2009. Em 2010, eles venceram, mas eu já tinha saído. Sempre dei sorte contra o Corinthians", contou o camisa 10.

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

Mas, para este compromisso, Diego pede cautela. Afinal, o time paulista lidera a competição. Jogar no Pacaembu, adverte o jogador, não será uma tarefa simples, principalmente diante de uma equipe embalada pela goleada de 5 a 0 sobre o São Paulo .

Diferentemente da Copa do Brasil, os homens de frente têm passado em branco no Brasileiro. Diego afirma que os meias e os atacantes não estão abalados com o jejum. Por enquanto, eles têm crédito pelo que fizeram na Copa do Brasil .

"Isso acontece. Ainda bem que está acontecendo agora, no começo do Brasileiro, porque no momento que mais preciosu, na Copa do Brasil, a gente fez bastante gol e fomos campeões. A bola não tem entrado, mas o importante é que a gente tem criado muitas chances, o time está com volume, só que a bola não está entrando. Uma hora a gente corrige isso".
 

Leia tudo sobre: vascodiego souzabrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG