Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No Vasco, corte no pé tem feito Diego Souza jogar no sacrifício

Meia levou dois pontos no local. Mas, apesar do machucado, avisa que nada justifica má atuação contra o ABC

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Diego Souza vem jogando na base do sacrifício. O meia sofreu um corte no pé direito no clássico contra o Botafogo, na sua estreia, e desde então tem sofrido para entrar em campo. Naquela mesma semana, o camisa 10 do Vasco foi obrigado a levar dois pontos no local. Tanto que esteve ameaçado de não enfrentar o Fluminense, no último domingo, no Engenhão. Mas mostrou disposição pedindo para ser escalado. Na quarta-feira, repetiu a dose pela Copa do Brasil.

Site oficial
Diego Souza quer recuperar tempo em que ficou apagado no Atlético-MG
O jogador viajou para Natal, onde o time empatou em 0 a 0 com o ABC, mas saiu queixando-se do incômodo. O técnico Ricardo Gomes também destacou a contusão do meia. Disse que Diego estaria rendendo mais não fosse o corte. Só que o jogador não quer usar o machucado como desculpa. Depois de ficar quase um ano apagado no Atlético-MG, ele promete não medir esforços em campo.

“Só não jogo se não der mesmo. O local ainda incomoda um pouco por não permitir que fique cem por cento. Mas não é desculpa para nada. Não jogamos bem contra o ABC e acabamos saindo com o empate. Agora, temos de trabalhar e garantir a classificação no Rio”, advertiu Diego.
 

Leia tudo sobre: vascodiego souza

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG