Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No Uruguai, Falcão comemora a conquista da alegria com vinho

Treinador do Inter exalta a atuação dos jogadores e só terá um treino antes do clássico Gre-Nal

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Falcão perdeu os 100% de aproveitamento como técnico do Inter, mas ficou muito feliz com o desempenho do time no Uruguai. O empate de 1 a 1 com o Peñarol dá ao time o direito de empatar em 0 a 0 na próxima semana no Beira-Rio. O treinador vai aproveitar a noite para comemorar.

“Vou jantar, tomar um bom vinho, relaxar. Não sofri neste jogo, pois senti que em nenhum momento poderíamos tomar o segundo gol. Pensarei no Gre-Nal a partir de amanhã”, disse.

Desde que chegou, ele disse que espera ter “alegria no trabalho”. Quer sentar no banco, ver os jogadores em campo, e se divertir. Em Montevidéu, pela primeira vez ele externou que o objetivo foi cumprido.

“É mérito dos jogadores. Eu troco ideias com eles. Quem decide são os jogadores, o treinador só tenta casar as características. Quando eu falo em alegria quero que os jogadores estejam bem, nas melhores condições, com o time compactado; não pode ficar correndo atrás da bola. Nosso time, no segundo tempo, teve a bola no pé e não correu risco”, explicou.

A delegação do Inter dorme no Uruguai, treina na sexta-feira pela manhã e só depois embarca para Porto Alegre. O grupo se reapresenta no sábado, e será apenas um treino para preparar o time pro Gre-Nal do próximo domingo, no Beira-Rio. Bolatti, suspenso, deve dar lugar a Tinga. Wilson Matias é outra alternativa.

Leia tudo sobre: InternacionalPeñarolCopa Libertadores 2011Falcão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG