Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No sufoco, Internacional busca empate contra o The Strongest

Gilberto, aos 43 minutos do segundo tempo, decretou o resultado de 1 a 1 na altitude de La Paz

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

AP
Inter encarou o The Strongest na altitude de La Paz
Foi no sufoco. O Inter conseguiu um ponto de ouro na noite desta quarta-feira na Copa Libertadores. Jogando na altitude de La Paz, os gaúchos perdiam até os 43 minutos do segundo tempo. Coube ao atacante Gilberto deixar tudo igual e levar o resultado de 1 a 1 para o Brasil.

Ramallo fez o gol logo a 30 segundos do segundo tempo.O Inter jogava mal e já não tinha mais fôlego para suportar o jogo na altitude. No fim do jogo, a zaga boliviana bobeou e deixou Gilberto receber livre dentro da área para buscar o resultado.

Inter e Strongest ficam com sete pontos. Os bolivianos tinham 100% de aproveitamento jogando em casa. O Santos, com seis pontos, recebe o Juan Aurich na quinta-feira.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O Inter entrou em campo sem seus dois jogadores de criação. D´Alessandro, machucado, sequer viajou. Oscar foi sacado do time horas antes da bola rolar por conta de vitória jurídica do São Paulo, determinando o retorno do jogador ao Morumbi.

A partida foi totalmente diferente ao encontro do Beira-Rio, quando o Inter venceu por 5 a 0. O primeiro tempo até foi equilibrado. Porém, as melhores chances antes do intervalo ainda foram dos brasileiros.

O segundo tempo foi terrível para os brasileiros. O Inter sofreu o gol antes do primeiro minuto e acabou pressionado na sua defesa. O time foi cansando com o tempo, sentindo os efeitos da altitude, e ficando com pouco poder de recuperação. Quando tudo parecia perdido, Gilberto conseguiu empatar.

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

No domingo, 16h, o Inter volta a jogar pelo Campeonato Gaúcho. Recebe o São José, no Complexo Esportivo da Ulbra, em Canoas. O Beira-Rio estará ocupado com o show de Roger Waters. Na próxima rodada da Libertadores, dia 4 de abril, o Inter vai receber o Santos. Um dia depois, o Strongest visitará o Juan Aurich.

O jogo:
O Inter criou boa chance logo no primeiro minuto. Nei acertou o cruzamento, mas Dagoberto furou a cabeçada. Aos 15, Dagoberto foi lançado, chegou a driblar o goleiro mas a bola saiu pela linha de fundo.

EFE
Inter teve muita dificuldade na Bolívia, diferente da vitória de goleada (5 a 0) contra o mesmo adversário no Beira-Rio
Grande chance para o Inter aos 28 minutos: Dátolo chutou cruzado, Damião entrou de carrinho e desviou. O goleiro Vaca evitou o gol. Aos 29, foi a vez de Muriel trabalhar. Lima cobrou falta com força, e o goleiro do Inter espalmou.

Aos 38, o zagueiro boliviano fez um milagre para evitar o gol. Damião deu forte cabeçada, compeltando um escanteio. Torrico tirou quase sobre a linha. Resposta boliviana aos 40: Chute cruzado de Cristaldo, com Muriel espalmando.

O The Strongest pulou na frente logo no primeiro minuto do segundo tempo. Cruzamento da esquerda, a bola desviou em Moledo, Kleber não conseguiu cortar, e Ramallo completou. Aos 3, Damião caiu na área  e pediu pênalti. O árbitro mandou seguir. Aos 8, a defesa do Inter foi envolvida pelo lado esquerdo de ataque. Por sorte, o chute de Escobar foi para fora.

Cristaldo acertou um belo chute de longa distância aos 27. Muriel espalmou. Aos 33, a grande jogada de Escobar só parou quando Muriel fez a defesa, evitando o segundo gol. 

Foi no finalzinho que o Inter buscou o resultado. Nei cruzou, a bola passou por todo mundo e caiu no pé de Gilberto. Ele furou em bola, mas conseguiu completar na segunda tentativa: 1 a 1.

FICHA TÉCNICA
THE STRONGEST 1 X 1 INTERNACIONAL
Local:
Estádio Hernando Siles, em La Paz (Bolívia)
Data: 21 de março de 2012, quarta-feira
Horário: 19h e 45 minutos (de Brasília)
Árbitro: Omar Ponce (Equador)
Auxiliares: Carlos Herrera e Juan Cedeño (Equador).
Cartão amarelo: Méndez (The Strongest); Leandro Damião, Tinga (Internacional)

GOLS:
The Strongest:
Ramallo, no 1º minuto do segundo tempo.
Internacional:
Gilberto, aos 43 minutos do segundo tempo.

The Strongest: Vaca; Torrico, Ojeda, Luis Méndez e Gerson García; Chumacero, Lima e Cristaldo; Sebastián González (Melgar), Ramallo (Soliz) e Escobar.
Técnico: Uber Acosta (interino).

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kléber; Guiñazu (Bolatti), Tinga, Dátolo e João Paulo (Jajá); Dagoberto (Gilberto) e Leandro Damião.
Técnico: Dorival Júnior.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG