Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No São Paulo, ordem é tirar responsabilidade da diretoria por má fase

Empate por 0 a 0 com o Coritiba impediu equipe de voltar ao G5 e deixou missão pelo título extremamente complicada

Gazeta |

No empate por 0 a 0 contra o Coritiba , o São Paulo completou sete jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro. A realidade é dura para a torcida: o título nacional ficou uma missão extremamente complicada. Por isso, já tem sido feita no Morumbi uma análise dos erros. Na opinião de atletas e comissão técnica, seria injustiça colocar a maior parte da responsabilidade na diretoria.

"A diretoria não tem culpa de nada, fez uma reformulação total do elenco, pode ser que não haja entrosamento total dos jogadores, isso prejudica. Procurou contratar os melhores, subiu o melhor da garotada da base, mas os resultados não vieram", afirmou o técnico interino Milton Cruz.

LEIA TAMBÉM: Vaiado, São Paulo empata com o Coritiba e não entra no G5

A direção tricolor recebeu questionamentos principalmente pelas trocas de técnico nos últimos dois anos. Neste período, o São Paulo perdeu completamente o padrão de jogo que o deixava sempre entre os melhores do país.

"Acho que cada um tem a sua parcela de culpa. A diretoria fez a parte dela no trabalho, nós é que precisamos ter a consciência de que devemos melhorar", comentou o lateral-esquerdo Juan.

LEIA TAMBÉM: Luís Fabiano lamenta empate e jejum de gols no Brasileirão

No jogo contra o Coritiba, a torcida evitou vaias contra o time durante os 90 minutos. As reclamações vieram apenas após a confirmação da igualdade em casa. Juan encarou com naturalidade a postura dos são-paulinos.

"Quando o resultado não vem, a cobrança é normal, as críticas acontecem mesmo", definiu o camisa 6 do clube do Morumbi.

Leia tudo sobre: são paulobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG