Jogador irá atuar contra Junior e se sente mais importante no grupo de Renato Gaúcho

Lucas Uebel, Divulgação
Bruno Collaço saiu na frente na disputa com Gilson
A ascensão de Bruno Collaço no Grêmio é por etapas. Primeiro, o lateral-esquerdo precisou mostrar qualidade para permanecer no grupo de Renato Gaúcho, afinal, voltara de empréstimo da Ponte Preta. Depois teve de mostrar serviço nas oportunidades que recebeu, inclusive, fora da sua posição. Agora será titular contra o Junior, nesta quinta-feira, no Olímpico, no jogo mais decisivo da Libertadores, afinal, vale classificação às oitavas-de-final.

Esta será talvez a etapa definitiva: Renato anunciou um revezamento na lateral esquerda. No domingo, diante do Santa Cruz, pelo Gauchão, Gilson volta a equipe.

“Sinto que minha importância está aumentando. Haverá este revezamento, mas estou conquistando espaço e amanhã (quinta) o jogo será o mais importante”, comentou Bruno Collaço.

Com 17 participações em 23 jogos da temporada , o lateral não revela preocupação com o tempo para ser titular:

“É dia após dia. No início do ano as minhas perspectivas não eram nem 10% do que são agora. Tenho que continuar trabalhando nos treinos e nos jogos para conseguir esse espaço”.

Renato justificou o revezamento pela má forma física de Gilson, que atuou em 14 partidas. Desde a derrota para o Juventude, partida na qual marcou gol contra , o atleta sente dores musculares. Ele mantém a confiança:

“O importante é o Grêmio vencer e encaminharmos a classificação. Quando Renato optar pela minha escalação vou me dedicar ao máximo”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.