Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No Peru, Brasil inicia sonho olímpico com time ofensivo

Neymar, Henrique, Lucas e Oscar serão escalados pelo técnico Ney Franco para a estreia contra o Paraguai

iG São Paulo |

A busca pela tão sonhada medalha de ouro nas Olimpíadas começa na madrugada desta terça-feira para o Brasil. A equipe treinada por Ney Franco estreará no Campeonato Sul-Americano Sub 20 contra o Paraguai, em Tacna, no Peru. O jogo começa à 0h10, no horário de Brasília.

Mowa / Divulgação
Neymar e Henrique estão confirmados para a partida contra o Paraguai
Para o primeiro jogo do torneio, o técnico vai escalar a equipe com quatro jogadores do meio para a frente: Oscar, Lucas, Neymar e Henrique. A formação é semelhante à que vem sendo usada por Mano Menezes na equipe principal do Brasil. O são-paulino Henrique é o escolhido para ser o homem de referência no ataque. Lucas e Neymar avançam pelas laterais, e Oscar fica como jogador mais avançado no meio-campo.

Escolhido para coordenar as categorias de base da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ney Franco tem como primeira missão classificar a seleção sub 20 para as Olimpíadas de Londres, em 2012. Duas vagas para a competição serão dadas aos melhores colocados do torneio que iniciou no final de semana no Peru.

Há um mês, o técnico começou a preparação para o Sul-Americano na Granja Comary, em Teresópolis. Os jogadores tiveram apenas dois períodos de folga, no natal e no ano novo. Maior estrela do time, Neymar recebeu um descanso maior e pôde se apresentar no dia 26 de dezembro, duas semanas após seus companheiros.

Sonho Olímpico


O atacante santista é o nome mais conhecido da equipe de Ney Franco. Aos 18 anos, Neymar já é titular no seu clube há mais de uma temporada e foi o principal nome do futebol brasileiro em 2010. Mesmo com tanto cartaz, a CBF fez questão de que ele disputasse o Sul-Americano e desfalcasse o Santos nas primeiras oito rodadas do Campeonato Paulista. É que o torneio, por dar uma vaga nas Olimpíadas, está entre as prioridades da entidade.
Mowa / Divulgação
Neymar se apresentou à seleção após o Natal e desfalca o Santos nas primeiras rodadas do Paulista


A medalha de ouro nos Jogos Olímpicos é o único título que ainda não foi conquistado pela seleção brasileira. Em 2008, com Dunga no comando e Ronaldinho em campo, o Brasil perdeu para a Argentina nas semifinais e ficou com a medalha de bronze. Quatro anos antes, a equipe treinada por Ricardo Gomes, que tinha Robinho como destaque, não conseguiu nem se classificar para disputar o torneio em Atenas. O Brasil ficou na terceira colocação do Pré-Olímpico, atrás de Argentina e Paraguai, que se classificaram.

Para conquistar uma das vagas em Londres, o Brasil terá que disputar nove partidas em menos de um mês. O torneio no Peru se encerra no dia 12 de fevereiro. Além do Paraguai, a seleção enfrentará Colômbia, Bolívia e Equador na primeira fase. Caso se classifique para o hexagonal final, são mais cinco jogos, provavelmente com Argentina e Uruguai entre os adversários.

Confira os jogos do Brasil na primeira fase do Sul-Americano:

ADVERSÁRIO DATA HORÁRIO
Paraguai 17/01 0h10
Colômbia 20/01 0h10
Bolívia 23/01 15h30
Equador 25/01 0h10


Paraguai com problemas

O adversário do Brasil na estreia enfrentou dificuldades para formar a equipe que vai disputar o Sul-Americano. A seleção paraguaia não conseguiu a liberação do atacante Federico Santander, do Toulouse, da França, principal nome da equipe. O volante Rodrigo Alborno, lesionado, é outro desfalque da equipe do técnico Adrián Coria.

FICHA TÉCNICA - BRASIL x PARAGUAI

Local: Estádio Jorge Basadre, em Tacna (Peru)
Data: 18 de janeiro de 2011
Horário: 0h10 (de Brasília)
Árbitro: Diego Abal (ARG)
Assistentes: Ricardo Casas (ARG) e Francisco Mondria (CHI)

BRASIL: Gabriel; Danilo, Bruno Uvini, Juan e Alex Sandro; Casemiro, Zé Eduardo, Oscar, Lucas e Neymar; Henrique.
Técnico: Ney Franco

PARAGUAI: Mario Ovando; Raúl Cáceres, Gustavo Gómez, Diego Viera, Nelson Ruiz; Diego Benítez, Hernán Pérez, Marcos Giménez, Oscar Ruiz; Miguel Medina e Claudio Correa.
Técnico: Adrián Coria

Leia tudo sobre: seleção brasileirasub 20Neymar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG