Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No Grêmio, manter desempenho é receita contra possível salto alto

Time gaúcho enfrenta Vasco, no Rio de Janeiro, após ter conquistado três vitórias seguidas

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Gazeta Press
Saimon é titular com Celso Roth
É possível um time com campanha irregular, em 12º entre 20 equipes e que recém livrou vantagem da zona do rebaixamento ter salto alto? No futebol, um esporte no qual a lógica muitas vezes não entra em campo, sim. Por isto, o Grêmio enfrentará o Vasco, sábado, às 18h, no Rio de Janeiro, com atenção redobrada.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

O alerta foi dado pelo técnico Celso Roth e pelo preparador físico Paulo Paixão: não há motivo para festa , apesar das três vitórias em seguência no Brasileirão. E parece ter sido entendido pelos jogadores.

"Temos que pensar jogo a jogo. É o que eu falei antes do Gre-Nal. Cada jogo para nós tem que ser um clássico. Tem a mesma importância. Vencendo nos distanciamos e, mais tarde, veremos até onde poderemos chegar", disse André Lima.

Saimon fez coro:

"Sabemos que o campeonato está aberto. Não tem mais bobo no futebol. A classificação está se 'achatando': os de trás subindo e os de cima caindo. O salto alto não pode existir aqui. Estávamos trabalhando para conseguir as vitórias, e agora que chegaram vamos manter".

Nesta sexta-feira, o Grêmio treina no Rio.

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011andré limasaimon

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG