Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No Fla, Luxa tenta igualar marca de 1996

Há 15 anos, Joel Santana foi o último técnico a conseguir ficar uma temporada inteira no comando do time

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

A tradição no futebol brasileiro não é de trabalhos longos, muito menos no Flamengo. Vanderlei Luxemburgo sabe bem disso, pois está em sua terceira passagem como treinador pelo clube e ainda não conseguiu bater a barreira dos sete meses no cargo. Por isso, o desafio do comandante é ainda maior. Desde 1996, com Joel Santana, que deixou o Botafogo recentemente, não há um técnico que consiga ficar do começo ao fim da temporada no cargo. Na época, foi campeão carioca invicto.

Nas outras duas passagens pelo Flamengo, Luxemburgo assumiu o cargo antes do primeiro jogo da temporada, mas não chegou ao fim. Agora, voltou ao clube em outubro do ano passado, quando ajudou o time a evitar o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Com elenco montado, pré-temporada feita, conseguiu o título da Taça Guanabara e está invicto no ano, em 18 jogos disputados, com 13 vitórias e cinco empates.

“Não existe receita. Não vou dizer aqui que tenho o privilégio de saber como fazer ou dizer que descobri a fórmula encantada. Por qualquer circunstância, posso não concluir meu trabalho aqui. Já aconteceu comigo, com o Felipão, com todo mundo. O Zagallo foi questionado, o Telê Santana trabalho na seleção brasileira em duas copas do mundo e saiu execrado para depois ser campeão do mundo no São Paulo. O Parreira conquistou a Copa de 1994 e recebeu críticas mesmo vencendo. Isso pertence ao futebol.”, disse Luxemburgo, que tem contrato até o fim de 2012.

O histórico do treinador, no entanto, mostra trabalhos longos no Palmeiras, Corinthians, Cruzeiro e Santos. Nada que o faça ter a certeza de que repetirá o feito no Flamengo. Por enquanto, ainda conta com o respaldo da diretoria, apesar da crise com a torcida por causa da ida de Adriano para o Corinthians, que coincidiu com os três empates consecutivos na Taça Rio.

“A equipe está sendo montada ainda. Estamos com etapas bem adiantadas, pois estamos invictos e conquistamos a Taça Guanabara. Mas empatamos dois jogos contra pequenos que complicaram a nossa vida. Os próprios jogadores se ligaram e, entre eles, deram uma chamada. É assim que se forma uma equipe vencedora”, comentou Luxemburgo.

O Flamengo volta a campo neste sábado, às 18h30, contra o Duque de Caxias, no Engenhão, pela sexta rodada da Taça Rio. O time tem nove pontos, um a menos do que Vasco, Boavista e Americano. Apenas os dois primeiros colocados se classificam para as semifinais da competição.
 

Leia tudo sobre: FlamengoCampeonato Carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG