Na luta contra o rebaixamento, mineiros encaram time paulista, que segue em busca do título nacional

A única partida dessa quarta-feira pela 28ª rodada do Brasileirão (Grêmio e Santos fazem jogo atrasado da 11ª rodada) promete ser agitada. Na luta contra o rebaixamento e sem vitórias já há oito rodadas, o Cruzeiro encara o São Paulo , que está na terceira colocação e segue na cola dos líderes. O jogo começa às 21h50, em Sete Lagoas. O time de Adilson Batista não vence há três rodadas e espera recuperar os pontos que escaparam nas últimas partidas logo na casa do adversário mineiro.

Siga o iG Cruzeiro e o iG São Paulo no Twitter e receba as informações do seu time

O técnico do Cruzeiro, Vágner Mancini , pediu respeito ao time paulista e acredita que sua equipe precisa, primeiramente, marcar para depois tentar atacar o adversário. "Agora não podemos correr tantos riscos. É fundamental que o nosso time tenha perseverança para saber que é importantíssimo marcar muito. Não podemos sair com tudo para o ataque e dar o que eles querem", avaliou Vágner Mancini.

Como a partida é em Sete Lagoas, Mancini pediu o apoio do torcedor, mesmo com a má fase da equipe, que ainda não venceu no returno do Brasileirão . "Espero que o torcedor jogue conosco, que vá ao estádio e incentive. Relação do time com a torcida não está boa, mas pedimos um pouco de paciência. É fundamental nos sentirmos seguros. Peço que nosso torcedor dê mais uma chance para a gente", afirmou.

O treinador contará com o retorno do volante Marquinhos Paraná , que cumpriu suspensão na última rodada. Por outro lado, Mancini perdeu o atacante Bobô, que sofreu um estiramento muscular e desfalca o time . Na vaga do atacante, Keirrison ganha mais uma chance como titular.

"Para mim é importante voltar a jogar, é muito bom. Atacante precisa de ritmo de jogo. Espero fazer o meu melhor para sairmos com o resultado pois o time está precisando sair dessa situação", disse o K9.

Luís Fabiano não marcou contra o Flamengo, mas quer tirar o atraso em Sete Lagoas
Gazeta Press
Luís Fabiano não marcou contra o Flamengo, mas quer tirar o atraso em Sete Lagoas
Do lado do São Paulo, o técnico Adilson Batista perdeu um de seus principais jogadores: o meia Lucas foi expulso na última rodada e está com a seleção brasileira. O treinador do time paulista, que já passou pelo Cruzeiro, fez mistério quanto ao substituto, que pode ser Carlinhos Paraíba . O jogador não quer nem saber da má fase do adversário.

"Sabemos da dificuldade que é jogar lá contra o Cruzeiro. Mas a vitória depende só da gente. Independentemente da situação do adversário, sempre temos que jogar bem", afirmou o meio-campista.

Já o volante Denílson pregou respeito ao adversário, apesar da crise. "O Cruzeiro tem jogadores ótimos. A qualquer momento pode ter uma reviravolta e o time subir na tabela, assim como aconteceu com Atlético-GO. O Brasileirão é competitivo e até o último jogo vai ser bem disputado", ponderou. No ataque, Luís Fabiano está confirmado ao lado de Dagoberto.

Tabu
O São Paulo não perde para o Cruzeiro em um jogo de Brasileirão desde 2004. Foram 14 partidas de lá para cá, com nove vitórias dos paulistas e cinco empates.

FICHA TÉCNICA- CRUZEIRO X SÃO PAULO
Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 5 de outubro de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC)
Assistentes: Erich Bandeira e Nadine Schram Camara Bastos

CRUZEIRO: Fábio; Vítor, Léo, Victorino e Everton; Marquinhos Paraná, Charles, Roger e Montillo; Keirrison e Farías
Técnico: Vágner Mancini

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Jean, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Denilson, Casemiro, Carlinhos Paraíba e Cícero; Dagoberto e Luis Fabiano
Técnico: Adilson Batista

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.