Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No Coritiba, técnico vê clássico para quebrar gelo com a torcida

Marcelo Oliveira já se sente em casa junto ao clube, mas quer se livrar da desconfiança dos torcedores

Altair Santos, iG Curitiba |

O técnico Marcelo Oliveira avalia que já conseguiu superar a fase de transição entre a gestão de Ney Franco e a sua. Segundo ele, o entrosamento no Coritiba, tanto com o elenco quanto com os demais profissionais do clube, além da diretoria, está perfeito. "Eu me sinto muito à vontade, muito bem no Coritiba. Não só em relação aos jogadores, mas com todos os profissionais", comentou o treinador, que agora só precisa romper o ceticismo da torcida.

Na quinta-feira, apesar da vitória por 3 x 1 sobre o Paranavaí, o treinador teve seu nome gritado timidamente pelos torcedores. Bem diferente do que acontecia com Ney Franco, para quem até musiquinhas ecoavam das arquibancadas do Couto Pereira. Marcelo Oliveira avalia como normal. “O Ney Franco deixou uma marca aqui e eu estou começando a escrever uma história”, diz.

Uma das expectativas do treinador é de que o gelo seja quebrado no domingo, no clássico contra o Paraná Clube. Se o Coritiba, que é favorito, vencer, Marcelo Oliveira terá a oportunidade de apagar a imagem de ex-treinador do Paraná e passar a ser visto de vez com matizes alviverdes pelos torcedores de seu novo clube.

Enquanto isso não ocorre, o técnico mantém um discurso quem quer ganhar a confiança da torcida. Como no chamamento que fez para o clássico de domingo. "Estou esperando um apoio irrestrito. O torcedor do Coritiba é muito presente, muito fiel e foi fundamental na volta à primeira divisão, justamente por essa participação e essa vibração. Esperamos contar com esse apoio agora e no decorrer de toda a temporada", disse Marcelo Oliveira.

Leia tudo sobre: coritibacampeonato paranaense 2011paranáclássico

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG