Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No Corinthians, peruano Ramírez consegue se redimir de expulsão

Jogador marcou o pênalti decisivo e apagou o cartão vermelho da partida contra o Tolima

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O meia peruano Luis Ramirez, cobrador do último pênalti que deu ao Corinthians a vaga na final contra o Palmeiras, tinha algo a mais para comemorar. Ele ainda não tinha aceitado o fato de ter sido expulso contra o Tolima, no jogo de volta da pré-Libertadores, em fevereiro. Reserva no time de Tite, coube a ele a responsabilidade de bater a sexta cobrança depois de seus cinco companheiros mostrarem bom desempenho.

"Eu ainda estava triste por aquela expulsão. Consegui me recuperar hoje. Estou muito contente. Quero dar mais alegrias para a torcida", disse Ramirez, ainda sem conseguir falar um bom português.

Leandro Castán, que também acertou a sua cobrança, disse que todos estão de parabéns pela ótima performance nas penalidades. "Jogando com estádio contra não é fácil, mas a gente sabia que se a gente fizesse todos, o Julio (Cesar) ia pegar pelo menos um", disse Castán.

Bruno César, que saiu substituído, comemorou a chance de ir para uma final e deixar o Corinthians com um título. Ele está vendido para o Benfica e só tem os jogos contra Santos para defender o clube. "Quem acompanha os treinos sabia que a gente estava treinando. Felizmente todos foram bem e agora a gente vai brigar por esse título que vai ser muito especial para o clube e para mim", disse o meia.
 

Leia tudo sobre: CorinthiansPaulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG