Atacante uruguaio voltou aos treinos, mas Caio Júnior diz que se jogo fosse hoje, Loco estaria fora

Um nome deve ser aguardado até o último minuto no Botafogo para a partida contra o Fluminense , no próximo sábado, às 18h, no Engenhão, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro . Recuperado de uma lesão no ligamento colateral do joelho direito , o atacante Loco Abreu voltou aos treinamentos, mas ainda não é presença garantida para o clássico carioca.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Segundo o técnico Caio Júnior , pela limitação de movimentos com a perna direita na atividade da última segunda-feira, se a partida fosse hoje, Loco Abreu não estaria entre os titulares do Botafogo. Porém, o treinador ainda irá aguardar um pouco mais para saber se poderá contar com o jogador.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

"Ele não está mais no departamento médico, está em outra fase de recuperação, muito individual, muito dele. Se o jogo fosse amanhã, acho que não teria condições, porque demonstrou insegurança em alguns movimentos com a perna direita no treinamento. Mas temos tempo e o Loco Abreu é um jogador experiente, vai nos direcionar sobre sua utilização ou não", declarou o técnico Caio Júnior.

Loco Abreu se lesionou na vitória de 4 a 2 sobre o América-MG, no último dia 13 de agosto. Por ter sido convocado para a disputa da Copa América com o Uruguai, o atacante disputou apenas quatro jogos no Brasileirão deste ano com o Botafogo, anotando três gols até aqui.

Se pode até não contar com Loco Abreu, o técnico Caio Júnior terá o retorno do zagueiro Antônio Carlos e do volante Renato, ambos poupados na vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-MG, na última terça-feira.

"Agora temos que esquecer a Sul-Americana e focar no Campeonato Brasileiro. Vai entrar em campo quem estiver bem no momento. Por isso a ideia de segurar o Renato e o Antônio Carlos foi boa, teremos ele inteiros para essa sequência de partidas complicadas que teremos pela frente", declarou Caio Júnior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.