Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No Botafogo desde agosto de 2010, Marcelo Mattos segue invicto

Volante esteve presente em 20 jogos, com 17 vitórias e três empates, virando 'amuleto' de Joel Santana

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

São mais de seis meses no Botafogo e Marcelo Mattos ainda mantém um recorde pessoal impressionante. Desde que chegou ao clube de General Severiano, em agosto de 2010, o jogador não perdeu nenhuma partida que disputou. Com o volante em campo, foram 20 jogos, com 17 vitórias e três empates. Um aproveitamento de 90% dos pontos disputados.

No único tropeço do Botafogo no Campeonato Carioca, o empate contra o Bangu, o jogador ficou de fora, com dores no pé. Para o técnico Joel Santana, o comportamento fora de campo é um dos responsáveis pelo retrospecto positivo do jogador. "O modo dele agir, ele é um líder que não fala muito, mas orienta, conhece muito bem aquela posição. Chegou aqui com experiência já, com profissionalismo. E é um jogador que encaixou muito bem no esquema que nós adotamos", analisou o treinador do Botafogo.

Em seis meses, não foram só estatísticas positivas que Marcelo Mattos conquistou no Botafogo. Com a saída do meia Lucio Flavio e do volante Leandro Guerreiro, o jogador tornou-se o capitão da equipe aos 26 anos, mesmo com jogadores experientes no elenco, como o atacante Loco Abreu, o goleiro Jefferson e o lateral-direito Alessandro. Organizando o posicionamento da defesa em campo, Mattos rapidamente virou um 'amuleto' do técnico Joel Santana.

A boa fase no Botafogo fez com que o Panathinaikos, da Grécia, clube que detém os direitos econômicos do jogador, pedisse seu retorno no começo desta temporada. O pedido foi negado pelo Botafogo, que possui contrato de empréstimo com o jogador até 30 de junho. Aliás, a contratação em definitivo do volante virou uma das prioridades do departamento de futebol do clube, que já começou a procurar investidores para ajudar na negociação.

Para a partida do próximo domingo, contra o Macaé, pela última rodada da fase de grupos da Taça Guanabara, Marcelo Mattos será uma ausência no Botafogo. O jogador foi expulso contra o Fluminense, no último domingo, e está suspenso automaticamente. O uruguaio Arévalo Ríos deve substituir o volante na partida que pode definir o primeiro lugar do grupo B.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG