Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No Bota, Gustavo tenta superar falta de entrosamento na conversa

Zagueiro fará estreia na equipe contra o Avaí, nesta quarta, e diz que experiência pode colaborar

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Satiro Sodré/Divulgação AGIF
Gustavo fará estreia contra o Avaí, nesta quarta
A primeira partida do zagueiro Gustavo no Botafogo não será das mais tranquilas. Sem vencer há quatro jogos, o time carioca recebe o Avaí nesta quarta-feira, às 19h30, no Engenhão. Além disso, ao seu lado, Gustavo terá outro jogador que não costuma ser titular: o zagueiro João Filipe . Com Antônio Carlos suspenso e Fábio Ferreira lesionado , Gustavo acredita que a nova dupla pode superar a falta de entrosamento na base da conversa.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba notícias do time em tempo real

"É um jogo complicado, o Botafogo não vence há quatro jogos, mas a gente tem que estar preparado. Desde minha apresentação, disse que um grupo não se faz com 11 jogadores, mas com todos. É o momento que a gente tem que entrar e dar o máximo, jogar 90 minutos. Na base da conversa, vamos se ajudando para suprir a falta de ritmo de jogo e o entrosamento", disse Gustavo.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

Sem atuar desde o dia 22 de maio, quando fez o último jogo com a camisa do Lecce, da Itália, o jogador também aposta que a experiência pode ser favorável para que ele consiga controlar o desgaste durante os 90 minutos. "Experiência ajuda e ajuda bastante, hoje, dentro de campo, a gente acaba dosando melhor, sabendo a hora certa de dar um pique, cortando os caminhos", declarou o reforço do Botafogo para o Campeonato Brasileiro.

Se não conta com o entrosamento ideal, um trunfo de Gustavo é o bom retrospecto em estreias. O zagueiro sempre venceu quando atuou pela primeira vez com a camisa de uma nova equipe. "Como sempre digo, a gente tem que estar preparado. Sempre foi assim na minha vida e estou feliz de ter uma oportunidade em um grande clube. Todas as minhas estreais foram com vitórias. Se não for na base da técnica, no coração, na vontade a gente supera", finalizou.

Leia tudo sobre: botafogobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG