Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No América-MG, Sheslon revela não ter mágoa do Atlético-MG

Formado na Cidade do Galo, lateral se diz feliz na nova equipe e promete empenho no clássico de domingo

Gazeta |

O primeiro clássico do América-MG no Campeonato Mineiro será no domingo, às 16h (horário de Brasília), na Arena do Jacaré, contra Atlético-MG. Para o duelo, o técnico Mauro Fernandes não poderá contar com o lateral-direito Marcos Rocha, que está emprestado pelo Atlético-MG, e por razões contratuais não pode entrar em campo. A opção do treinador é escalar Sheslon, que também pertence ao rival de Belo Horizonte, mas que não possui restrições no seu vínculo com o América-MG.

Na expectativa de ser confirmado para a partida, Sheslon encara o confronto como um jogo importante pela tradição das duas equipes. O atleta também revela que não possui nenhum tipo de mágoa por não ter sido aproveitado pelo Atlético-MG.

"Não fui aproveitado pelo Atlético-MG após uma lesão. Mas quem vive o futebol sabe que isso faz parte da profissão. Felizmente estou no América-MG, muito feliz e espero honrar esta camisa toda vez que eu estiver em campo. Não tenho mágoa do Atlético-MG, pois foi o clube que me revelou para o futebol e me deu a oportunidade de me tornar um jogador profissional. Mas agradeço muito ao América-MG e espero jogar no domingo e fazer um grande clássico", disse o lateral.

Sheslon revela ainda que tem consciência da rivalidade entre os times da capital mineira, e que pretende fazer de tudo para jogar o clássico. "Quando eu estava lá e agora que estou aqui dá para ver que a rivalidade existe. Todo jogador quer estar no clássico e atuar. Para mim não é diferente, eu quero entrar no campo e dar o meu máximo. É um jogo que vale a liderança e está todo mundo ligado no jogo", comentou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG