Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No 150º jogo pelo Botafogo, Joel pede apoio por Libertadores

Espero que o torcedor venha ao estádio, procure incentivar e seja uma torcida fiel, declarou o treinador

Gazeta Esportiva |

Com 56 pontos ganhos, o Botafogo briga por uma vaga na Copa Libertadores de 2011. O confronto com o Internacional, marcado para as 17 horas (de Brasília) deste domingo, no Engenhão, marca a 150ª do técnico Joel Santana, que conta com o apoio dos torcedores.

"Espero que o torcedor venha ao estádio, procure incentivar e seja uma torcida fiel. Passamos um ano muito difícil, com contusões difíceis, chatas e não deixamos a peteca cair. Estamos nos fortalecendo para, no momento de decisão, enfrentar um adversário difícil. Espero que o torcedor faça aquele corrente, calor e pensamento positivo para jogarmos com o pensamento de chegarmos à Libertadores", disse o técnico.

Dono de dois títulos cariocas no comando do time de General Severiano, Joel Santana comemora a marca histórica. Ao mesmo tempo, o experiente comandante procura transmitir confiança para seus jogadores na véspera da partida diante do Internacional.

"Dificilmente um treinador aceita trabalhar no Botafogo como aceitei, pela situação difícil. Não consegui sozinho, mas com jogadores, funcionários e diretoria, que acreditaram. Vamos ver se domingo é um dia que colocamos em prática a expectativa que temos neste grupo", afirmou.

Joel Santana se prepara para comandar o Glorioso pela 150ª vez em sua terceira passagem pelo clube. Apesar de encarar os reservas do Inter, mais preocupado com a disputa do Mundial de Clubes, o treinador mantém a cautela e cita o duelo decisivo do Brasileiro do ano passado, entre Flamengo e os reservas do Grêmio.

"Podemos esperar a mesma dificuldade do Flamengo com o Grêmio ano passado, cuspiu sangue para vencer. Estamos jogando contra o Internacional. O jogo não vai ser fácil. Se pensarmos em jogo fácil, vamos ser derrotados. Vamos com o máximo de respeito possível para enfrentar uma grande equipe. Não interessa como o adversário vem, mas que é um grande clube. Precisamos do resultado para sonhar com o que estamos pretendendo, disputar uma Libertadores", disse Joel.

De volta após servir à seleção brasileira, o goleiro Jefferson também pede a presença dos alvinegros. "Contamos com o apoio do nosso torcedor. São dois jogos decisivos e importantes em casa (Internacional e Grêmio Prudente). Ganhando, vamos fazer uma final com o Grêmio lá. Esperamos que a torcida lote e nos empurre para as duas vitórias", disse.

Alessandro segue a mesma linha e espera que o Botafogo mantenha a invencibilidade em casa no Brasileiro. "Temos que encarar os três últimos jogos como decisão. São dois seguidos em casa. Se vencermos e houver uma combinação de resultados, podemos até definir a quarta vaga. Essa partida contra o Inter vai ser fundamental, poderemos até brigar pela terceira posição depois", encerrou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG