Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Nicácio marca no fim e Ceará passa às oitavas da Copa do Brasil

Empate em 1 a 1 daria vaga ao Brasiliense, mas gol do atacante aos 47 do 2º classificou o time cearense

Gazeta |

O Ceará derrubou a invencibilidade do Brasiliense na temporada e está nas oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, em casa, os torcedores alvinegros viram o empate persistir até os 47 minutos do segundo tempo, quando Marcelo Nicácio marcou um gol salvador e definiu a classificação dos nordestinos. O adversário sairá dos confrontos entre Grêmio Prudente e Atlético-MG. 

No jogo de ida, as equipes ficaram no empate sem gols, em Taguatinga. Na ocasião, o Ceará também não sabia o que era perder em 2011, mas a alegria durou pouco: de lá para cá a equipe foi derrotada duas vezes no Campeonato Cearense - uma delas domingo, para o rival Fortaleza - e viu o presidente Evandro Leitão fazer críticas públicas ao desempenho dos homens de frente.

Para piorar, a intensa briga por posições no ataque fez com que o atacante Júnior demonstrasse insatisfação com o banco de reservas. Primeiro, ele utilizou o Twitter para reclamar. Titular contra o Jacaré, ele não gostou de ser substituído justamente pelo herói Nicácio, aos 11 minutos do segundo tempo e saiu visivelmente contrariado.

Futura Press
Ruy, à direita, marcou para o Brasiliense, que acabou eliminado no Castelão

O jogo
No último jogo do Castelão antes das obras para a Copa 2014, a situação começou a ficar complicada para o Ceará logo aos seis minutos de bola rolando, quando o experiente Ruy avançou pela esquerda, passou no meio de dois marcadores e bateu cruzado, sem chances para o goleiro Fernando Henrique.

Atrás no marcados, o Vovô apresentou alguns sinais de nervosismo, mas ainda assim conseguiu empatar antes do intervalo. Júnior - que venceu a disputa com Marcelo Nicácio e fez dupla de ataque com Iarley - bateu falta e viu o goleiro Gilson bater roupa antes de Fabrício aparecer no rebote e balançar as redes, aos 26 minutos.

Na segunda etapa, os donos da casa não tinha nenhuma outra alternativa a não ser partir ao ataque com força máxima. Espremido em seu campo de defesa desde o início da etapa complementar, o Jacaré segurou a pressão enquanto foi possível.

O técnico Dimas Filgueiras usou o elenco e colocou Marcelo Nicácio, Sérgio Mota e Thiago Humberto nas vagas do irritado Júnior, do zagueiro Erivélton e do meia Geraldo. Aos 33, Iarley recebeu cruzamento de Boiadeiro e perdeu grande chance, chutando sem direção. A decepção parecia certa, mas Marcelo Nicácio apareceu para marcar o gol salvador, aos 47.

FICHA TÉCNICA - CEARÁ 2 x 1 BRASILIENSE

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 30 de março de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Claudio Luciano Mercante Junior (PE)
Assistentes: Roberto José Oliveira e João Marcelo Leite Albert (ambos do PE)
Cartões Amarelos: João Marcos, Vicente (Ceará); Raphael, Moacri, Rômulo, Ruy (Brasiliense)

Gols: CEARÁ: Fabrício, aos 26 do primeiro tempo, e Marcelo Nicácio, aos 47 minutos do segundo tempo. BRASILIENSE: Ruy, aos seis minutos do primeiro tempo.

CEARÁ: Fernando Henrique; Erivélton (Sérgio Mota), Fabrício e Cléber; Boadeiro, Heleno, João Marcos, Geraldo (Thiago Humberto) e Vicente; Iarley e Júnior (Marcelo Nicácio). Técnico: Dimas Filgueiras

BRASILIENSE: Gilson; Patrick (Daniel), Raphael, Moacri e Chiquinho; Teco, Ruy e Ferrugem; Rômulo, Bebeto (Djavan) e Fabiano Gadelha (Felipe). Técnico: Reinaldo Gueldini
 

Leia tudo sobre: CearáBrasilienseCopa do Brasil 2011RUYNICÁCIO

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG