Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Neymar respeita peruanos e bolivianos e diz que Libertadores é difícil

Santos terá Juan Aurich, do Peru, e The Strongest, da Bolívia, pela frente na fase de grupos da competição continental

Gazeta |

Newscom
Vice-campeão do mundo, Neymar prega respeito por rivais mais fracos na Libertadores
O Santos já conhece dois dos três adversários do grupo 1 da Copa Libertadores da América 2012. Os rivais conhecidos não trazem, na teoria, grande preocupação: Juan Aurich, do Peru, e The Strongest, da Bolívia. Ainda assim, o atacante Neymar alerta para evitar um clima de relaxamento.

"Prefiro não saber se é o grupo mais fraco, a Libertadores sempre é muito difícil. Se conseguiu a classificação, o time tem a sua importância", explicou o camisa 11.

Em contrapartida, um adversário mais difícil pode aparecer no caminho do Santos na primeira fase. O perigoso Internacional tem a chance de integrar a chave caso passe pela fase preliminar, no confronto contra o Once Caldas, da Colômbia.

"O Inter é uma grande equipe do futebol brasileiro, sempre monta grande times. Quem cair na nossa chave vai trazer dificuldades", despistou Neymar.

Independentemente dos rivais, o atacante da Seleção Brasileira acredita que o Santos vai entrar na Libertadores com grande atenção dos adversários. "Hoje todos querem ganhar do Santos, por isso vamos nos preparar bem para buscar mais um título", avisa Neymar.

Leia tudo sobre: neymarsantoscopa libertadores 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG