Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Neymar não pede desculpas e chama Federação Escocesa de irônica

Atacante emite nota oficial sobre o assunto, nega ter acusado escoceses de racismo, e põe 'ponto final'

iG Santos |

Neymar recusou pedir desculpas aos escoceses e considerou o pedido da entidade como irônico. O atacante publicou uma nota oficial para rebater a Federação Escocesa de Futebol, que pediu uma retratação do camisa 11 por ter insinuado um ato de racismo entre os torcedores escoceses que acompanharam a vitória da seleção brasileira contra a Escócia por 2 a 0 no Emirates Stadium, em Londres.

“Essa exigência por parte da Federação Escocesa, após tudo o que ocorreu, pareceu-me um tanto quanto irônica, uma vez que, caso tenha mesmo ocorrido uma ação preconceituosa, nós, atletas, é quem deveríamos "exigir" um pedido formal de desculpas”, afirmou o atacante no comunicado.

Além de não pedir desculpas a Federação Escocesa, o jogador negou que tenha acusado os escoceses de racismo. Porém, não deixou de lamentar a atitude da torcida que lançou uma casca de banana em sua direção no gramado.

“Em momento algum, mesmo no final da partida, ainda envolvido pela emoção de marcar os dois gols que definiram o placar do jogo, acusei qualquer pessoa, ou qualquer grupo de torcedores, de qualquer nacionalidade, de ter cometido tal ato. Todas as entrevistas que concedi ao final da partida, em português, estão disponíveis para consulta nas empresas de comunicação que cobriram o amistoso. Disse, sim, lamentar o fato, pois condeno toda e qualquer ação preconceituosa, mas, reitero, em momento algum acusei quem quer que fosse”, diz outro trecho da nota oficial.

Neymar também fez questão de colocar um ‘ponto final’ na polêmica, e prometeu que não falará mais sobre o assunto.

“Por saber a dificuldade de identificar o suposto "agressor", caracterizar o preconceito e pela minha felicidade, achei por bem dar o assunto por encerrado, o que pode ser facilmente percebido em todas as entrevistas concedidas por mim após o jogo, inclusive ontem, no CT Rei Pelé, em Santos”, declarou.

Confirma a íntegra da nota divulgada por Neymar:

Fui surpreendido, nesta quinta-feira, por uma carta da "Scottish FA", a Federação Escocesa de Futebol, na qual exige um pedido de desculpas meu ou da Confederação Brasileira de Futebol no que diz respeito ao incidente envolvendo uma banana atirada em direção ao campo durante a realização do amistoso Brasil x Escócia no último domingo, 27 de março.

Na carta, o presidente da Federação Escocesa, Stewart Regan, fala que as "acusações" feitas após a partida colocam em dúvida a reputação de "bem humorados e respeitosos espectadores" dos torcedores escoceses.

1. Em momento algum, mesmo no final da partida, ainda envolvido pela emoção de marcar os dois gols que definiram o placar do jogo, acusei qualquer pessoa, ou qualquer grupo de torcedores, de qualquer nacionalidade, de ter cometido tal ato. Todas as entrevistas que concedi ao final da partida, em português, estão disponíveis para consulta nas empresas de comunicação que cobriram o amistoso. Disse, sim, lamentar o fato, pois condeno toda e qualquer ação preconceituosa, mas, reitero, em momento algum acusei quem quer que fosse;

2. Essa exigência por parte da Federação Escocesa, após tudo o que ocorreu, pareceu-me um tanto quanto irônica, uma vez que, caso tenha mesmo ocorrido uma ação preconceituosa, nós, atletas, é quem deveríamos "exigir" um pedido formal de desculpas;

3. Por saber a dificuldade de identificar o suposto "agressor", caracterizar o preconceito e pela minha felicidade, achei por bem dar o assunto por encerrado, o que pode ser facilmente percebido em todas as entrevistas concedidas por mim após o jogo, inclusive ontem, no CT Rei Pelé, em Santos;

4. Passei momentos muito agradáveis com minha família no Reino Unido, tendo permanecido, inclusive, um dia a mais que o programado. Só tenho elogios à forma como fui tratado por todos nos lugares por onde passamos. Foi uma honra para minha família a hospitalidade para nós ofertada. Foram dias inesquecíveis;

5. Isto posto, de minha parte, considero o assunto encerrado.

Neymar Jr.
 

Leia tudo sobre: santosneymarfederação escocesa de futebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG