Atacante não tem mais compromissos publicitários até 18 de dezembro, dia da decisão do torneio da Fifa

Neymar não vai participar de mais nenhum evento com patrocinadores até o Mundial de Clubes do Japão. O atacante do Santos , que tem se dividido entre jogos, treinamentos e ações de marketing, agora está focado apenas em jogar futebol para conquistar o tricampeonato mundial para a equipe praiana.

Leia mais: Muricy não teme lesões e confirma time que enfrenta o Bahia

Na última quinta-feira, o camisa 11 treinou no CT Rei Pelé pela manhã e viajou a São Paulo no início da tarde para receber o prêmio de melhor jogador da Libertadores no prédio da Daslu. A cerimônia - que também serviu para divulgar o novo acordo publicitário do jovem, com o Banco Santander -, encerrou a agenda extra-campo do atleta pelo menos até 18 de dezembro, data da decisão em Yokohama.

"Nós estamos fazendo uma blindagem. A partir deste evento, ele vai estar focado somente no Mundial", avisou o empresário Wagner Ribeiro, empolgado com a boa fase de seu cliente também fora das quatro linhas. "A vida dele é jogar e cumprir agenda. O dia do Neymar deveria ter 48 horas para ele poder dar conta de tanta coisa que aparece".

"Tem pessoas que trabalham comigo para organizar agenda de treino e de eventos com patrocinadores e é claro que também precisa ter o descanso, que é muito importante. Os treinamentos estão sendo muito fortes agora, por causa da preparação do Mundial", emenda o atleta.

A capacidade de divulgar diversos tipos de produtos com sua imagem foi primordial para que Neymar reformasse contrato com o Santos e garantisse a permanência no Brasil até a Copa de 2014. Dos cerca de R$ 3 milhões mensais recebidos pelo craque, o clube alvinegro desembolsa "apenas" R$ 1,5 milhão, sendo que o restante vem de acordos de publicidade.

A estrela santista tem vínculo com seis empresas: além do Santander, ele é patrocinado por Tenys Pé Baruel, Panasonic, Nextel, Lupo e Red Bull. "Ele é o único jogador no mundo que tem patrocinadores de quase todos os segmentos. Nem Beckham chegou nesse nível. O Cristiano Ronaldo tem apelo, o Messi também, mas o Neymar está acima deles no marketing", completou Ribeiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.