Não tive maldade - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Neymar espera ser recebido com carinho por Dorival Júnior: Não tive maldade

Duelo entre Santos e Atlético-MG, neste sábado, na Arena do Jacaré, marcará o reencontro entre Neymar e Dorival, após a polêmica que culminou na demissão do treinador

Samir Carvalho, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861949627&_c_=MiGComponente_C

A partida entre Santos e Atlético-MG, neste sábado, às 19h30 (de Brasília), na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas-MG, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, marcará o reencontro do atacante Neymar com o técnico Dorival Júnior, após a polêmica que culminou na demissão do técnico (o atacante xingou Dorival durante o jogo entre Santos e Atlético-GO, no dia 15 de setembro, na Vila Belmiro). Apesar do incidente, Neymar espera ser recebido com carinho pelo seu ex-treinador.

Será o reencontro de dois amigos que não se encontram há um tempo. Vou dar um abraço e quando a bola rolar, cada um no seu lado. Pelo que conheço o Dorival ele vai me tratar com carinho. Ele sabe que não tive maldade, afirmou Neymar.

Após a polêmica, Neymar e Dorival Júnior não tiveram mais conversas pessoais. No entanto, o atacante garantiu que está torcendo para que o Atlético-MG não seja rebaixado para a Série-B do Campeonato Brasileiro.

Na zona de rebaixamento, o time de Dorival está na 17ª colocação, com apenas 35 pontos. Apesar da compaixão com o ex-treinador, Neymar espera que reação dos mineiros não comece neste sábado e prometeu empenho para que o Santos conquiste os três pontos.

Não tive nenhum contato com ele depois que ele saiu daqui. Eu não tenho acompanhado muito (jogos do Atlético-MG). Claro que torço pelo Dorival sim e espero que ele se de bem lá (no Atlético-MG), mas não no sábado contra o Santos. Depois irei torcer para que eles se salvem, disse o camisa 11.

O reencontro entre Neymar e Dorival Júnior promete ser amigável, pois o treinador já manifestou publicamente não guardar mágoas do atacante.

 


 

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsantos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG