Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Neymar diz que demissão de Adilson pegou jogadores de surpresa

"Foi uma infelicidade o que aconteceu com o Adilson", revelou o atacante do clube, que encara o Cerro Porteño nesta quarta-feira

Gazeta |

Ídolo da torcida, o atacante Neymar foi o único jogador a falar sobre a demissão de Adilson Batista do cargo de técnico do Santos. O atleta se mostrou triste com a notícia e revelou que a saída do treinador pegou o elenco santista de surpresa, na reapresentação nesta segunda-feira, no CT Rei Pelé. 

"Acho que sempre é ruim quando acontece a saída de alguém que está trabalhando conosco. Todo mundo fica triste, chateado. Nós jogadores ficamos surpresos, porém, sabemos que é algo que acontece no futebol. Foi uma infelicidade o que aconteceu com o Adilson. Mas isso pode acontecer no Santos, na seleção brasileira, em todo o time do mundo", disse.

nullNeymar diz acreditar que o grupo tem a obrigação de demonstrar seu poder de reação contra o Cerro Porteño, nesta quarta, às 19h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro. O time disputa contra os paraguaios a sua segunda partida na fase de grupos da Copa Libertadores da América - empatou com o Deportivo Táchira (Venezuela), na estreia.

"Acho que os jogadores sabem a responsabilidade que têm pela saída do Adilson. Sabemos que temos que jogar melhor, aproveitarmos as oportunidades que estamos criando. Não estamos jogando mal. Vamos entrar determinados em campo na quarta para voltarmos a ganhar", ponderou o camisa 11 do Peixe.

Mas, para que o Santos retome o caminho das vitórias após três jogos sem vencer (empates com Deportivo Táchira e São Bernardo, além da derrota para o Corinthians), Neymar pede o apoio da torcida. "Contamos com eles. Os torcedores têm que nos ajudar, apoiar durante todo o jogo, para tornar o Santos mais forte diante do Cerro", encerrou Neymar.

Leia tudo sobre: NeymarSantosadilson batistatécnicodemissãovídeo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG