Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Neymar discorda de Dracena e dá méritos a “gênio” Ronaldinho Gaúcho

Clima fica quente no Santos após a derrota para o Flamengo por 5 a 4 nesta quarta-feira, na Vila Belmiro

Samir Carvalho, iG Santos |

null

O clima ficou quente após a derrota de virada do Santos para o Flamengo por 5 a 4 nesta quarta-feira, na Vila Belmiro. O zagueiro Edu Dracena deixou o campo reclamando da falta de marcação dos atacantes, e foi contrariado pelo atacante Neymar, que não concordou com o capitão da equipe, e preferiu dar os méritos da vitória do adversário a Ronaldinho Gaúcho, chamado pelo santista de gênio.

“Não concordo. Todo mundo marcou, correu, mas do outro lado tem o Ronaldinho Gaúcho, ele é um gênio. Não foi por falta de marcar não”, afirmou Neymar após ser avisado pelos repórteres que Dracena reclamou da falta de marcação dos atacantes santistas.

“Os erros foram coletivos, o Santos errou bastante. Com a bola é um talento indiscutíve, sem a bola precisamos marcar mais. O Santos tem que marcar sem a bola. Não pode ficar sem marcar. Com a bola podemos decidir”, disse Dracena.

Apesar de reclamar da marcação, o capitão santista defendeu o meia Elano das críticas. O zagueiro não culpou o companheiro pela derrota devido o pênalti perdido quando o Santos vencia por 3 a 2 no primeiro tempo. O camisa 8 apostou na “cavadinha” e cobrou nas mãos de Felipe. Na jogada seguinte, o Flamengo empatou a partida.

“Eu acredito que o nosso time deixou a desejar na parte da marcação. Acho que o Elano pensou em bater daquela forma e não podemos crucificar ninguém. Faltou cadenciar e marcar, foi isso”, concluiu.

 

Leia tudo sobre: santosflamengoronaldinho gaúchoneymarbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG