Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Neymar detém 10% de comissão em sua venda. Veja detalhes do contrato

iG tem acesso a contrato de Neymar e revela comissão imediata ao atleta. Santos "escondeu" cláusula

Samir Carvalho, iG Santos |

Reprodução
Santos garantiu a empresa do jogador, Neymar Sport, uma comissão de 10% para o atleta em sua venda
Um ano depois de o Santos renovar o contrato de Neymar e segurar o jogador em meio a uma proposta milionária do Chelsea, da Inglaterra, o iG teve acesso ao contrato do atacante e mostra com exclusividade o principal motivo – não divulgado pelo clube – que fez o atleta permanecer no Brasil.

Veja também: Neymar custa R$ 180 milhões no Brasil e expõe blefe de Andrés

Em uma manobra inédita, a diretoria do Santos garantiu a empresa do jogador, Neymar Sport, uma comissão de 10% para o atleta em sua venda. A comissão será paga imediatamente a Neymar na transação. O Santos pretende pagar os 10% do valor que terá direito na negociação.

Desta forma, o atacante pode receber o valor total da transação, já que o Santos não confirmou se pagará os 40% da DIS, braço esportivo do Grupo Sonda, na futura venda do atleta. Os investidores, inclusive, cobram na justiça a porcentagem referente às negociações de Wesley e André. O iG ainda apurou que os representantes do jogadores esperam receber 10% do valor total, aproveitando uma interpretação do contrato.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

“Na hipótese de transferência do atleta Neymar a outro clube do Brasil ou Exterior ocorrida depois de 01/02/2011 e antes do final do prazo de vigência do novo Contrato de Trabalho de atleta profissional entre o atleta Neymar e o Santos, o Santos pagará a Neymar Sport, comissão de 10% (dez por cento) do montante liquido que lhe caberá em virtude da referida transferência”, diz o contrato.

Além da empresa do jogador passar a ser comissionada obrigatoriamente, o contrato ainda especifica que Neymar receberá o montante, independente das comissões que serão pagas a possíveis empresários na negociação. A carreira de Neymar é gerenciada por seu pai, Neymar da Silva Santos, o agente Wagner Ribeiro, além do empresário israelense Pini Zahavi, que representa o jogador na Europa.

“O valor da comissão será repassado a Neymar Sports, independente de outras comissões que venham a ser pagas pelo Santos em virtude da referida transferência”, especifica o documento.

Não é a primeira vez que o iG mostra documentos de negociações não divulgadas pelo clube. Além de garantir 10% a Neymar, o Santos vendeu 5% dos direitos econômicos do atleta para a empresa Terceira Estrela Investimentos S.A (Teisa) por um valor abaixo do preço de mercado, em dezembro de 2010.

Além de conselheiros, os investidores são integrantes do Grupo Guia (Gestão Unificada de Inteligência e Apoio ao Santos). Ao lado de Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, o Grupo Guia é responsável por administrar o Santos. Nada é decidido no clube sem o aval dos investidores.

Siga o Twitter do iG Santos e receba as notícias do seu time em tempo real

Caso o atacante seja vendido pelo valor da multa rescisória, estipula em 45 milhões de euros (cerca de R$ 103 milhões), o Santos receberá aproximadamente 20 milhões de euros (R$ 46 milhões), já que os representantes de Neymar não abrirão mão da porcentagem na venda.

Reprodução
Santos garantiu a empresa do jogador, Neymar Sport, uma comissão de 10% para o atleta em sua venda

 

Leia tudo sobre: santosneymarteisadiswagner ribeiropini zahavi

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG