Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Newcastle bate o Everton e assume vice-liderança

Com o resultado, o Newcastle chegou aos 25 pontos, três a menos que o Manchester City e dois à frente do United

Gazeta Esportiva |

Abrindo a 11ª rodada do Campeonato Inglês , o Newcastle bateu, em casa, o Everton, por 2 a 1. O resultado manteve a invencibilidade da equipe neste início de Premier League - são sete vitórias e quatro empates -, além de tomar a vice-liderança do Manchester United , que ainda joga neste sábado.

Para conseguir o triunfo - o terceiro consecutivo na competição -, o Newcastle teve seus gols marcados por Heitinga , contra, e Ryan Taylor . Pelos visitantes, que chegou ao segundo revés seguido, Rodwell marcou. Os três tentos aconteceram ainda na primeira etapa.

Confira a classificação atualizada do Campeonato Inglês

Com o resultado, o Newcastle chegou aos 25 pontos, três menos que o City e dois mais que o United . Os times de Manchester, porém, ainda jogam nesta rodada contra Queens Park Rangers e Sunderland, respectivamente.

O Everton, por sua vez, segue fazendo uma campanha ruim: estacionado nos dez pontos, a equipe está na 15ª colocação da Premier League, mas ainda pode ser ultrapassada por West Bromwich e Wolverhampton.

O JOGO - Desde o início da partida, o Newcastle tomava as ações e dominava o Everton, que não conseguia responder ao ímpeto do time da casa. O bom volume de jogo logo rendeu o primeiro tento para os mandantes: aos 11 minutos, Simpson cruzou pelo lado direito e o zagueiro Heitinga tentou antecipar seu rival. O defensor, porém, mandou a bola contra as próprias redes, rendendo o goleiro Tim Howard.

Mesmo com a vantagem, o Newcastle não diminuiu o ritmo e mantinha a pressão sobre o Everton. Demba Ba esteve próximo de ampliar aos 24, mas o segundo gol aconteceu apenas quatro minutos depois: em nova bola alçada na área, a defesa visitante, desta vez, conseguiu fazer o corte. A jogada, porém, seguiu na entrada da área, e Ryan Taylor acertou um belo chute, no ângulo esquerdo do goleiro Tim Howard.

AP
Ryan Taylor comemora seu gol na partida contra o Everton

Precisando reagir, o Everton acertou uma bola na trave em jogada do francês Saha. Drenthe, na sequência, chutou à direita do gol, mas recolocou o time de Liverpool na partida. Melhor no final da primeira etapa, Rodwell, já nos acréscimos, desviou o escanteio de cabeça e diminuiu a vantagem dos donos da casa no placar.

Já na etapa final, e precisando empatar a partida, o cenário do jogo mudou: o Everton passou  a pressionar, enquanto o Newcastle tentava apenas segurar o ímpeto dos visitantes. Tentando apertar, mas sem grande efetividade, o atacante Saha era o principal alvo no ataque do Everton - este porém, parava ou em jogadas erradas, ou em defesas do goleiro Krull.

Desta forma, apesar da animação, o Everton não conseguiu demonstrar competência no ataque, chegando, desta forma, ao seu sexto revés em dez jogos neste início de Premier League.

Leia tudo sobre: futebol mundialinglaterraevertonnewcastle

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG